A finasterida é eficaz no tratamento da queda de cabelo?

0
353
Finasterida - Homem olhando os cabelos no espelho

A finasterida é eficaz no tratamento da calvície de padrão masculino. Ela funciona na coroa e no meio do couro cabeludo. Além disso, ela reduz efetivamente a quantidade de DHT nos folículos capilares, levando ao aumento do crescimento do cabelo e à queda mais lenta. No entanto, os pelos em outras partes do corpo não são afetados pela finasterida.

 

Quanto tempo a finasterida começa a fazer efeito?

Geralmente, leva de seis a nove meses para ver todos os efeitos da finasterida. Isso ocorre porque os folículos capilares precisam de muito tempo para produzir novos cabelos. Além disso, a finasterida começa a atuar imediatamente no bloqueio do DHT. Em média, reduzirá a quantidade de DHT no corpo em 70%.

 

Como a finasterida age no cabelo?

Normalmente, os folículos capilares passam por um ciclo de crescimento, queda e dormência. Este é um ciclo natural de saúde, mesmo em indivíduos com cabelos saudáveis. Como tal, pode levar muito tempo para o cabelo crescer novamente, pois os folículos podem estar no ciclo dormente quando o DHT é reduzido e não começarão a crescer novamente até que o folículo complete seu ciclo.

Acima de tudo, por esta razão, você pode não ver todos os efeitos da finasterida antes de seis a nove meses de uso. Por outro lado, muitos homens verão um resultado mais imediato na prevenção da perda de cabelo. Isso porque os níveis de DHT serão reduzidos rapidamente no corpo, e a perda de cabelo devido à presença de DHT deve diminuir significativamente.

Clique aqui e saiba: Finasterida, como funciona?

 

As três fases do crescimento do cabelo

Existem três fases de crescimento do cabelo; anágena, catágena e telógena. Essas palavras podem ser traduzidas em “crescimento”, “degradação” e “repouso”. É importante conhecer os ciclos de crescimento do cabelo se você deseja entender por que a finasterida demora tanto para fazer efeito em algumas pessoas.

Fase Anágena

Anágena é a fase de crescimento dos folículos capilares. Os cabelos geralmente permanecem neste estado entre dois a seis anos. Quanto mais tempo dura o ciclo, mais tempo seu cabelo pode ficar. A qualquer momento da vida, aproximadamente 80% a 85% dos cabelos estão nesta fase.

Fase Catágena

A fase catágena de renovação dura apenas duas semanas. Isso permite que o folículo se renove.

Fase Telógena

A fase dormente chamada telógena dura cerca de um a quatro meses. Além disso, cerca de 12% a 20% dos folículos pilosos estão nessa fase em um determinado momento. No final da fase telógena, o cabelo existente é empurrado para fora e a fase anágena começa novamente.

 

O que é queda de cabelo?

Esta parece ser uma pergunta boba claro, queda de cabelo é quando alguém perde cabelo. Especificamente, o processo de perda de cabelo inclui o encolhimento dos folículos capilares, que começam a experimentar fases telógenas mais longas e fases anágenas mais curtas. Este processo é induzido pelo DHT químico.

Clique aqui e saiba: Quando o cabelo está caindo muito o que pode ser? Confira aqui 10 motivos que causam a queda de cabelo.

 

O que é DHT?

DHT é a dihidrotestosterona. Acredita-se que ela cause a miniaturização dos folículos capilares, impedindo o crescimento do cabelo. Aos 50 anos, metade dos homens provavelmente perderá algum cabelo devido ao DHT. Você deve ter notado que os fisiculturistas podem apresentar uma taxa maior de perda de cabelo. Isso acontece porque o uso de drogas anabólicas eleva a presença de DHT no corpo humano.

 

Por que o pelo cresce nas axilas e na barba, mas não no couro cabeludo?

O DHT no couro cabeludo diminui os folículos capilares. No couro cabeludo, o cabelo cresce melhor sem a presença de DHT (em homens com calvície de padrão masculino). No entanto, em outras áreas do corpo, o crescimento do pelo também é promovido pelo DHT. Só que por razões que não são bem compreendidas, o DHT é essencial para a maior parte do crescimento dos pelos, mas não dos cabelos.

Um estudo feito em 1998 descobriu que os folículos capilares na cabeça têm mais receptores de andrógenos do que os folículos em outras áreas do corpo. A extensão dos receptores parece ser transmitida como uma característica genética, onde alguns indivíduos têm mais do que outros. Aqueles com receptores baixos na cabeça geralmente não apresentam calvície de padrão masculino.

 

A finasterida pode prevenir o câncer de próstata?

Resumindo, a finasterida não é normalmente prescrita no tratamento do câncer de próstata. Houve um enorme Estudo de Prevenção do Câncer de Próstata que ocorreu ao longo de 25 anos. Este estudo randomizou 18.882 homens entre 1993 e 1997 para finasterida ou um placebo.

O estudo descobriu que a finasterida reduziu o câncer de próstata em homens em 25%. Infelizmente, o mesmo estudo descobriu que o tratamento com finasterida tinha um pequeno aumento nos cânceres de próstata de alto grau, dando ao medicamento um aviso de caixa preta.

No entanto, anos depois, houve um acompanhamento que tentou determinar se havia estatisticamente mais mortes devido ao câncer de próstata com o tratamento com finasterida. Verificou-se que houve 42 mortes devido ao câncer de próstata para aqueles que usaram finasterida, em comparação com 56 com o placebo. Assim, não houve aumento significativo de óbitos pelo uso da finasterida.

Portanto, a finasterida não é normalmente prescrita no tratamento do câncer de próstata. Além disso, existem efeitos colaterais potenciais associados ao uso da finasterida, como impotência sexual e incontinência urinária.

 

Quais são os efeitos colaterais mais sérios da finasterida?

Os efeitos colaterais da finasterida incluem diminuição do desejo sexual e problemas de ejaculação.

Em estudos de pesquisa bem conduzidos, os efeitos colaterais sexuais ocorreram em cerca de 4% a 6% dos homens, e esses efeitos eram geralmente reversíveis.

Em abril de 2012, o FDA, órgão federal do departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos emitiu um alerta sobre a finasterida. Foram afirmados que os efeitos colaterais sexuais podem persistir mesmo após a interrupção da medicação. Esses efeitos colaterais incluem diminuição do desejo sexual e problemas de ejaculação. O aviso foi baseado em cerca de 100 relatórios que o FDA recebeu ao longo de quase 20 anos.

Clique aqui e saiba: Como tratar a queda de cabelo causada por medicamentos.

 

FONTE

https://www.ukmeds.co.uk/blog/is-finasteride-effective-in-treating-hair-loss

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here