A importância da lavagem de frutas e legumes para a saúde!

0
645

Embora a maioria das pessoas saiba como deve manipular os alimentos de origem animal adequadamente para evitar doenças, frutas e vegetais as vezes passam despercebidos no processo de higienização, porém, eles também podem transmitir germes muito nocivos a saúde.

O órgão de saúde americano FDA, estima que cerca de 48 milhões de pessoas adoecem todos os anos por terem comido alimentos contaminados.

Nos últimos anos, ocorreram surtos de doenças transmitidas por alimentos devido a bactérias presentes em alimentos mal higienizados. As pessoas que comem produtos contaminados podem adoecer e até precisar de hospitalização.

Neste texto, examinamos por que é importante lavar frutas e vegetais, e falamos dos pesticidas e das suas possíveis contaminações.

Você precisa lavar todas as frutas e legumes?

Sim, as pessoas devem lavar bem as frutas e legumes antes de cozinha-las ou comê-las. Exceto os produtos que são vendidos embalados e lavados, esses não precisam de mais um enxágue.

Existem dois principais riscos de comer frutas e vegetais não lavados: contaminação bacteriana e contaminação por pesticidas.

Nos últimos anos, muitos surtos de doenças transmitidas por alimentos vieram de melões, espinafre, tomate e alface contaminados.

Em 2016, por exemplo, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos investigaram um surto de listeriose que hospitalizou 19 pessoas. Uma pessoa inclusive morreu da infecção.

Mais recentemente, em janeiro de 2019, autoridades de saúde de vários países incluindo o Canadá investigaram um surto de infecções por Escherichia coli (E. coli) por alface contaminada.

Esse surto afetou 62 pessoas em 16 estados, mas não houve mortes.

Embora os agrotóxicos possam ajudar os agricultores a cultivar mais alimentos, eles também apresentam muitos riscos à saúde. No entanto, pode ser um desafio evitar pesticidas, pois muitas culturas não direcionadas têm exposição a esses produtos químicos.

Segundo o Environmental Working Group, uma organização sem fins lucrativos, quase 70% das frutas e legumes de diversos países têm resíduos de pesticidas, mesmo após a lavagem.

Contaminação

Os produtos podem ser infectados com bactérias nocivas em diferentes estágios. Durante a fase de crescimento, a contaminação pode ocorrer através de:

  • contato com animais
  • substâncias nocivas no solo ou na água
  • pouca higiene

Frutas e vegetais também podem ser contaminados após a colheita. Mesmo em nossas casas, os produtos podem ficar contaminados como resultado de armazenamento incorreto ou durante a preparação dos alimentos.

Riscos à saúde

As vezes, os produtos frescos contêm germes nocivos, como Salmonella, E. coli ou Listeria.

Essas bactérias podem deixar as pessoas muito doentes. No entanto, algumas pessoas são mais vulneráveis ​​a doenças transmitidas por alimentos contaminados do que outras.

As pessoas que podem estar em maior risco de intoxicação alimentar por produtos mal lavados são:

  • crianças menores de 5 anos
  • mulheres grávidas
  • adultos com 65 anos ou mais
  • pessoas com sistema imunológico enfraquecido

Os sintomas de doenças transmitidas por alimentos contaminados podem incluir:

  • dores de estômago
  • diarreia, que pode conter sangue ou não
  • vômito
  • febre
  • dores de cabeça
  • dores musculares

Infecções graves por Listeria também podem causar:

  • torcicolo
  • confusão mental
  • perda de equilíbrio
  • convulsões

Como lavar frutas e legumes da maneira mais simples

Frutas e vegetais são uma parte essencial da dieta humana. São densos em nutrientes, baixos em calorias e ricos em fibras. É vital continuar comendo esses alimentos, mas as pessoas devem tomar as medidas necessárias para garantir que estejam seguras.

Antes de comer qualquer produto é recomendado:

  • lavar as mãos antes e depois da preparação dos alimentos
  • cortar todas as áreas danificadas antes de preparar ou comer
  • lavar alimentos com casca antes de descascá-los para evitar que sujeira e bactérias se transfiram para as partes comestíveis
  • lavar e esfregar os alimentos sempre em água corrente
  • usar uma escova de vegetais limpa para lavar alimentos duros, como melões e pepinos
  • secar as frutas e legumes com um pano limpo ou toalha de papel
  • remover as folhas mais externas do alface, repolho e outros

Um passo a passo simples para lavar frutas e legumes é:

  1. Lavar os vegetais com uma escovinha, água morna e sabão neutro, para retirar a sujeira visível;
  2. Deixar as frutas e os legumes de molho com 1 litro de água e 1 colher de bicarbonato de sódio ou de água sanitária, durante 15 minutos;
  3. Lavar as frutas e os legumes em água corrente para retirar o excesso do bicarbonato ou da água sanitária.

Cabe lembrar que produtos frescos e perecíveis devem ser armazenados no refrigerador a 4 ° C.

Não é necessário lavar os produtos rotulados como lavados. Também não é necessário lavar os alimentos com outros produtos de limpeza.

Outras recomendações incluem:

  • usar tábuas de corte separadas para frutas e legumes, carnes cruas, aves e frutos do mar
  • usar utensílios separados para alimentos cozidos e crus
  • armazenar produtos longe de carne crua, aves ou frutos do mar
Pesticidas
Todos os anos, os departamentos, órgãos de saúde ou de pesquisa, publicam relatórios de suas descobertas sobre resíduos de pesticidas em alimentos. E eles indicam que a grande maioria dos alimentos ainda contêm resíduos de pesticidas, mesmo após a lavagem.
De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), um terço dos vegetais mais consumidos do Brasil apresentam nível de agrotóxicos acima do aceitável.
A pesquisa revelou que a batata é o alimento que tem menos percentual de agrotóxicos. Os outros 17 alimentos analisados tiveram amostragens inadequadas para o consumo humano.

Ranking de amostras contaminadas por agrotóxicos de acordo com a ANVISA

  1. Pimentão: 91,8%
  2. Morango: 63,4%
  3. Pepino: 57,4%
  4. Alface: 54,2%
  5. Cenoura: 49,6%
  6. Abacaxi: 32,8%
  7. Beterraba: 32,6%
  8. Couve: 31,9%
  9. Mamão: 30,4%
  10. Tomate: 16,3%
  11. Laranja: 12,2%
  12. Maçã: 8,9%
  13. Arroz: 7,4%
  14. Feijão: 6,5%
  15. Repolho: 6,3%
  16. Manga: 4%
  17. Cebola: 3,1%
  18. Batata: 0%
Resumo
No mínimo as pessoas devem lavar as suas frutas e legumes em água corrente para evitar o consumo de produtos contaminados.
Listeria , E. coli e Salmonella podem estar presentes nos alimentos. Também é importante lembrar que nos últimos anos, as pessoas desenvolveram algumas doenças transmitidas por alimentos a partir de frutas e legumes contaminados.
Cozinhar os produtos antes do consumo é a maneira mais segura de comer frutas e legumes, mas as pessoas ainda assim devem lavá-los antes do cozimento.
Muitos agricultores usam pesticidas em seus produtos de forma totalmente irresponsável. No entanto, se as pessoas querem evitar o consumo de pesticidas, podem escolher consumir produtos orgânicos ou evitar produtos que contenham níveis muito altos de pesticidas, como por exemplo, o pimentão e o morango.
2 FONTES
7 dicas para limpar frutas, legumes.
Listeria (Listeriose).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here