CLOROQUINA tudo que você precisa saber!

0
341
Tudo Sobre Cloroquina

Aviso prévio divulgado pelos órgãos de saúde

Atualmente, (2020) a Cloroquina está sendo estudada para o tratamento e prevenção da doença coronavírus 2019 (COVID-19).

Vários estudos clínicos de Cloroquina estão em andamento em pessoas com COVID-19 nos EUA, China e outros países, mas são necessárias mais informações para saber como funciona para tratar ou prevenir o COVID-19. Embora haja relatos de que a Cloroquina pode impedir que o vírus se espalhe em seu corpo e reduza o tempo em que você se sente doente. Por outro lado, também existem preocupações com os efeitos colaterais, como batimentos cardíacos irregulares e interações medicamentosas que podem ocorrer quando a pessoa toma a Cloroquina.

Entretanto, é importante notar que a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA), aprovou uma Autorização de Uso de Emergência do medicamento. Afim de permitir que a Cloroquina trate adultos e adolescentes que pesem mais de 50 kg e que estejam hospitalizados por terem contraído o COVID-19.

A Cloroquina SOMENTE deve ser tomada sob a orientação de um médico, e baseado em um estudo clínico. Ou se o indivíduo estiver hospitalizado para o tratamento de COVID-19. Não compre este medicamento online sem receita médica. Se sentir batimentos cardíacos irregulares, tonturas ou desmaios ao tomar Cloroquina, procure atendimento de emergência. Se tiver outros efeitos secundários, não se esqueça de informar o seu médico.

Não tome Cloroquina estritamente destinada ao uso veterinário (como a Cloroquina para tratamento de peixes em aquários ou outros animais). A FDA relata que ferimentos graves e morte foram relatados em pessoas que usaram mal essa droga.

 

Cloroquina para que serve?

O fosfato de Cloroquina é usado para prevenir e tratar a malária. Também é usado para tratar a amebíase. A Cloroquina faz parte de uma classe de medicamentos chamados antimaláricos e amebicidas. Essa classe de medicamentos funcionam matando os organismos que causam a malária ou a amebíase.

 

Como tomar Cloroquina?

O fosfato de Cloroquina é um comprimido para tomar por via oral. Para a prevenção da malária em adultos, uma dose é geralmente tomada uma vez por semana, exatamente no mesmo dia e horário.

O médico em geral orientará o paciente a cerca de quantos comprimidos tomar para cada dose. Uma dose é tomada a partir de 2 semanas antes de viajar para uma área onde a malária é comum, enquanto você estiver na área, e depois por 8 semanas após o retorno da área. Se não conseguir começar a tomar Cloroquina durante 2 semanas antes de viajar, o seu médico poderá pedir-lhe para tomar o dobro da dose imediatamente.

Para o tratamento de ataques súbitos e graves da malária em adultos, geralmente a Cloroquina é tomada em uma dose de imediato, seguida pela metade da dose 6 a 8 horas depois, e depois uma vez ao dia nos próximos 2 dias.

Para prevenção e tratamento da malária em bebês e crianças, a quantidade de fosfato de Cloroquina é baseada no peso da criança. O seu médico calculará essa quantidade e informará quanto de fosfato de Cloroquina a criança deve receber.

Para o tratamento da amebíase, uma dose é geralmente tomada por 2 dias e depois metade da dose todos os dias, durante 2 a 3 semanas. No entanto, nesses caos a Cloroquina em geral é tomada em combinação com outros amebicidas.

Siga as instruções da bula do remédio com cuidado e peça ao seu médico ou farmacêutico que explique qualquer ponto que você não entenda. Use fosfato de Cloroquina exatamente como indicado. Não use mais ou menos dele ou use-o com mais frequência do que o prescrito pelo seu médico.

 

Outros usos para este medicamento

Ocasionalmente, o fosfato de Cloroquina é usado para diminuir os sintomas da artrite reumatoide e para tratar o lúpus eritematoso sistêmico e discoide, sarcoidose e porfiria cutânea e tarda. Converse com seu médico sobre os possíveis riscos do uso deste medicamento para sua condição.

Às vezes, este medicamento é prescrito para outros usos. Mas, acima de tudo, consulte um médico ou farmacêutico para obter mais informações.

Clique aqui e saiba o que é melatonina e para que serve.

 

Que precauções especiais devo seguir?

Antes de usar o fosfato de Cloroquina,

  • Informe o seu médico ou farmacêutico se você é alérgico ao fosfato de Cloroquina, cloridrato de Cloroquina, hidroxicloroquina (Plaquinol) ou quaisquer outros medicamentos.
  • Avise o seu médico ou farmacêutico que medicamentos prescritos e não prescritos, vitaminas, suplementos nutricionais e produtos à base de plantas que você está tomando ou planeja tomar. Não se esqueça de mencionar acetaminophen (Tylenol e outros); azitromicina (Zithromax); cimetidina (Tagamet); ciclosporina (Neoral, Sandimmun e outros); insulina e medicamentos orais para diabetes; medicamentos para convulsões, como carbamazepina (Tegretol e outros), fenitoína (Dilantin e outros) ou ácido valpróico; certos medicamentos para batimentos cardíacos irregulares, como amiodarona; metotrexato; moxifloxacino (Avalox); praziquantel (biltricide); e tamoxifeno (Nolvadex). Muitos outros medicamentos que não foram citados aqui, também podem interagir com a Cloroquina.
  • Se estiver tomando antiácido, tome-o 4 horas antes ou 4 horas após a Cloroquina. Se estiver tomando ampicilina, tome pelo menos 2 horas antes ou 2 horas após a Cloroquina.
  • Informe o seu médico se você tem ou já teve doença hepática, doença cardíaca, síndrome de QT longo (um problema cardíaco raro que pode causar batimentos cardíacos irregulares, desmaios ou morte súbita), batimentos cardíacos irregulares, baixo nível de magnésio ou potássio. Se seu sangue, tem deficiência de G6PD (uma doença hereditária do sangue), problemas auditivos, porfiria ou outras doenças do sangue, psoríase, convulsões, problemas de visão, diabetes, fraqueza nos joelhos e tornozelos ou se você bebe grandes quantidades de álcool.
  • Avise o seu médico se alguma vez você teve alterações da visão enquanto tomava fosfato de Cloroquina, cloridrato de Cloroquina ou hidroxicloroquina (Plaquenol).
  • Informe o seu médico se estiver grávida ou planeja engravidar. Ou se engravidar enquanto estiver usando fosfato de Cloroquina.
  • Não tome nenhuma vacina sem falar com o seu médico, se estiver tomando Cloroquina.

 

Que instruções dietéticas especiais devo seguir ao tomar Cloroquina?

A menos que seu médico instrua o contrário, continue sua dieta normal enquanto estiver tomando fosfato de Cloroquina.

 

O que devo fazer se esquecer de tomar uma dose de Cloroquina?

Tome a dose esquecida assim que se lembrar. No entanto, se estiver quase na hora da próxima dose, pule a dose esquecida e continue com o seu esquema, tomado a próxima dose no horário habitual. Não tome uma dose dobrada para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

 

Quais efeitos colaterais a Cloroquina pode causar?

Podem ocorrer efeitos colaterais do fosfato de Cloroquina. Informe o seu médico se algum destes sintomas for grave ou não desaparecer:

  • dor de cabeça
  • náusea
  • perda de apetite
  • diarreia
  • dor de estômago
  • erupção cutânea
  • coceira
  • perda de cabelo

Se você tiver algum dos seguintes sintomas, procure atendimento médico imediatamente:

  • vendo flashes de luz
  • visão embaçada
  • dificuldades de ler ou de enxergar (as palavras desaparecem, visão turva, visão embaçada ou enevoada)
  • dificuldade em ouvir
  • zumbido nos ouvidos
  • fraqueza muscular
  • sonolência
  • vômito
  • batimentos cardíacos irregulares
  • convulsões
  • dificuldade para respirar
  • alterações de humor
  • alterações mentais
  • diminuição da consciência ou perda de consciência
  • vontade de se machucar ou se matar

 

O que devo saber sobre o armazenamento e descarte da Cloroquina?

Mantenha este medicamento no recipiente em que comprou, bem fechado e fora do alcance das crianças e animais. Armazene-o à temperatura ambiente e longe da luz e do excesso de calor e umidade (não guarde no banheiro).

Medicamentos desnecessários devem ser descartados de maneiras especiais para garantir que animais de estimação, crianças e outras pessoas não possam consumi-los. No entanto, você não deve descarregar este medicamento no vaso sanitário. Em vez disso, a melhor maneira de descartar seu medicamento é através de um programa de devolução de medicamentos.

É importante manter todos os medicamentos fora da vista e do alcance das crianças, pois muitos recipientes (como separadores para pílulas e colírios, cremes, adesivos e inaladores) não são resistentes e as crianças pequenas podem abri-los facilmente.

Entretanto, para proteger as crianças pequenas de envenenamento, sempre tranque as tampas de segurança e coloque imediatamente o medicamento em um local seguro, fora de vista e de alcance.

 

Em caso de overdose o que fazer?

Em caso de overdose chame uma ambulância imediatamente. Da mesma forma, se a vítima entrou em colapso, teve uma convulsão, tem dificuldade em respirar ou não pode ser despertada, ligue imediatamente para os serviços de emergência.

Os sintomas de sobredosagem podem incluir:

  • náusea
  • vômito
  • dor de cabeça
  • sonolência
  • distúrbios visuais
  • convulsões
  • arritmia cardíaca

 

Que outras informações devo saber?

As crianças são especialmente sensíveis a uma overdose, portanto, mantenha a Cloroquina fora do alcance das crianças.

Mantenha todas as consultas com o seu médico e o laboratório. Seu médico pode solicitar certos exames laboratoriais e outros exames como, (eletrocardiograma, um teste para monitorar sua freqüência cardíaca e ritmo cardíaco) para verificar sua resposta ao fosfato de Cloroquina. O seu médico também testará seus reflexos para verificar se você tem fraqueza muscular que pode ser causada pelo medicamento.

Acima de tudo, se você estiver tomando fosfato de Cloroquina por um longo período de tempo, seu médico recomendará exames oftalmológicos frequentes. O fosfato de Cloroquina pode causar sérios problemas de visão. Se você tiver alguma alteração na visão, pare de tomar fosfato de Cloroquina e procure seu médico imediatamente.

 

Aviso Saúde e Bem Estar

O Saúde e Bem Estar é um site que possui conteúdo de cunho informativo, ele não fornece aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico a seus usuários. Qualquer informação publicada neste site, não tem o intuito de substituir o aconselhamento médico e você não deve tomar nenhuma ação em relação a sua saúde sem antes consultar um profissional de saúde capacitado.

 

2 FONTES

MedLinePlus
Carta da FDA às partes interessadas: não use fosfato de cloroquina destinado a peixes como tratamento para COVID-19 em humanos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here