Como aumentar a testosterona através da dieta

0
263
Como aumentar a testosterona através da dieta

Alguns alimentos aumentam a produção de testosterona, enquanto outros a inibem. Isso é uma preocupação especial para todos os homens à medida que envelhecem. Além disso, durante os 20 e poucos anos, você produz a quantidade ideal de testosterona. No entanto, a partir dos 30 anos, sua produção diminui cerca de 1% ao ano. Da mesma forma, um homem aos 40 anos tem 10% menos produção de testosterona, aos 50 anos, 20% menos e assim sucessivamente.

Entretanto, a ideia é ajustar sua dieta alimentar de forma que ela ajude a manter sua quantidade ideal de testosterona.

Além disso, embora esta postagem seja sobre nutrição, é importante lembrar que outros fatores (como sono) também ajustarão seus níveis de testosterona de uma maneira favorável ou desfavorável (dica: após 4 horas de sono, cada hora a mais lhe dá um aumento adicional de 15% na testosterona, até 8 horas de sono).

Continue lendo para saber quais alimentos o ajudarão a ajustar sua dieta para a quantidade máxima de testosterona.

Clique aqui e saiba: 6 Fatos sobre o pênis que você provavelmente não sabe.

 

Ovos aumentam a testosterona

Em primeiro lugar, vamos lutar um pouco contra a crítica excessiva que os nutricionistas “convencionais” vêm tentando colocar sobre os ovos há algum tempo. Não, os ovos não aumentam o colesterol. Além disso, até mesmo o governo dos EUA (Dietary Guidelines Advisory Committee) mudou de ideia, chegando a conclusões diferentes em 2015 do que havia sido dito 5 anos antes.

Existe uma infinidade de informações na internet sobre como os ovos não são mais considerados ruins para você, no que diz respeito ao colesterol. Da mesma forma, muitas pessoas respeitam a opinião da renomada especialista em saúde e bem-estar Jillian Michaels. Ela afirma que parte da culpa do colesterol alto vem das gorduras saturadas e trans, não do ovo, se consumido moderadamente.

Os ovos são ótimos por uma série de razões. São proteínas baratas e repletas de nutrientes para fisiculturistas. Eles são considerados o alimento perfeito por muitos. E aqui está outra razão para pensar assim: comer ovos aumenta seus níveis de testosterona.

Além disso, estudos mostram que consumir a gordura e o colesterol dietético encontrado nos ovos (lembre-se, não é a mesma coisa que o colesterol ruim que obstrui as artérias), aumenta a produção de testosterona.

Por outro lado, outro estudo mostra que comer uma dieta com baixo teor de gordura resulta em baixa testosterona. Onde você pode obter a gordura boa e o colesterol dietético necessários para impulsionar sua produção de testosterona? Nos ovos!

Clique aqui e saiba: “Multivitamínico para homens” saiba qual o melhor.

 

Alimentos ricos em magnésio aumentam a testosterona

O objetivo é ingerir alimentos ricos em magnésio. E uma excelente maneira para fazer isso é o farelo de trigo. O farelo de trigo não é apenas uma excelente fonte de magnésio; ele também contém uma boa quantidade de proteínas e muitas fibras.

Quer você seja preguiçoso ou se exercite vigorosamente, a suplementação de magnésio equivale a ganhos de testosterona. Eles descobriram através de pesquisas que os ganhos foram ainda maiores naqueles que se exercitaram.

Além disso, embora a testosterona seja definitivamente um excelente benefício da suplementação de magnésio, considere os outros benefícios: “O magnésio é um mineral crucial para o funcionamento do corpo. O magnésio também ajuda a manter a pressão arterial equilibrada, os ossos fortes e o ritmo cardíaco estável”.

Por outro lado, especialistas afirmam que muitas pessoas não comem alimentos ricos em magnésio em quantidade suficiente. Adultos que consomem menos do que a quantidade recomendada de magnésio têm maior probabilidade de apresentar marcadores de inflamação elevados.

A inflamação, por sua vez, tem sido associada a importantes condições de saúde, como doenças cardíacas, diabetes e certos tipos de câncer. Além disso, o baixo teor de magnésio parece ser um fator de risco para osteoporose.

Da mesma forma, existem algumas evidências de que comer alimentos ricos em magnésio e outros minerais pode ajudar a prevenir a hipertensão em pessoas com pré-hipertensão.

Tabela de alimentos ricos em magnésio:

  • Farelo de trigo
  • Espinafre
  • Soja
  • Peixes gordurosos
  • Oleaginosas
  • Farelo de aveia

Como você pode ver na tabela acima, o farelo de trigo está no topo da lista! Adicione seus alimentos favoritos listados acima à sua lista de compras e comece a ajustar sua dieta hoje para uma melhor produção de testosterona.

Clique aqui e saiba: “Multivitamínicos” 10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE TOMAR!

 

Suplementar e comer alimentos ricos em zinco

Se você tem deficiência de zinco, a suplementação de zinco pode aumentar seus níveis de testosterona.

Tabela de alimentos ricos em zinco:

  • Carne
  • Cordeiro
  • Sementes de Abóbora
  • Lentilha
  • Castanha de Caju
  • Quinoa
  • Camarão
  • Tofu
  • Ervilhas verdes
  • Aveia
  • Iogurte
  • Espinafre
  • Aspargos
  • Brócolis
  • Acelga
  • Couve de Bruxelas
  • Tomate

Clique aqui e saiba: Melhores vitaminas e suplementos para mais energia e disposição.

 

Suplementos de testosterona

Acima de tudo, é preciso lembrar que, além de ajustar sua dieta, você pode considerar tratamentos médicos para aumentar seus níveis de testosterona por meio de suplementos, mas se optar por esse caminho, procure um médico antes.

Clique aqui e saiba: “VIAGRA” 5 mitos que muita gente acredita que são verdade!

 

Resumo

Acima de tudo, é importante ressaltar que exercícios regulares, mas não excessivos, controle de peso, alimentação balanceada, sono adequado e controle de doenças crônicas como diabetes, são essenciais para manutenção não só da testosterona, mas também para um organismo saudável.

Também é importante lembrar que níveis baixos de testosterona são naturais conforme você envelhece, e a grande maioria dos homens – bem mais de 90% – não está com o nível de testosterona baixo para sua idade. Apenas aqueles com sintomas incomuns, como fraqueza muscular, anemia, osteoporose ou infertilidade, precisam ser testados por meio de um exame de sangue. Além disso, a testosterona clinicamente baixa na maioria dos casos é causada por outro problema de saúde, que geralmente pode ser tratado.

Portanto, uma certa falta de desejo sexual ou uma quantidade de peso que você não consegue mais levantar são apenas uma parte chata do envelhecimento natural do organismo. No entanto, estilo de vida adequado, incluindo dieta, pode ajudar, mas não pode fazer você ter 20 anos novamente.

 

3 FONTES

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/8875519/
https://www.webmd.com
https://www.ukmeds.co.uk

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here