Dor de ouvido: 5 possíveis causas

0
340
Dor de ouvido

Sentir dor de ouvido em algum momento da vida é uma sensação comum para muitas pessoas. Geralmente essa dor não é prejudicial, embora em alguns momentos ela possa causar preocupação.

O nome médico para dor de ouvido é “otalgia”. Se a dor vem de dentro do ouvido, os médicos chamam de otalgia primária. No entanto, se é fora do ouvido, o termo é otalgia secundária.

Abaixo, descrevemos 5 possíveis causas de dor no ouvido e os sintomas que as acompanham. Além disso, também delineamos maneiras de como tratar e prevenir a dor de ouvido.

 

Lesão auditiva temporária

Cada orelha contém um tubo estreito denominado trompa de Eustáquio. Ela por sua vez, ajuda a regular a pressão dentro do ouvido para que corresponda à pressão do ar externo, permitindo que o tímpano funcione adequadamente.

No entanto, ás vezes, pode haver um desequilíbrio nessa pressão, que pode resultar do bloqueio da tuba auditiva ou de uma mudança na pressão do ar ou altitude.

As alterações da pressão externa podem causar um tipo de lesão auditiva temporária chamada barotrauma auricular. Os sintomas podem incluir:

  • sensação de pressão dentro do ouvido
  • dor aguda ou leve no ouvido
  • perda de audição
  • tontura

 

Infecções sinusais

Uma dor de ouvido às vezes pode resultar de uma infecção nos seios da face, uma rede de cavidades cheias de ar no crânio.

Existem três tipos principais de infecção sinusal. Elas são:

  • Otite: infecção e inflamação do ouvido, é o tipo mais comum de infecção sinusal.
  • Mastoidite: infecção do osso mastoide atrás da orelha.
  • Sinusite: inflamação de um ou mais seios paranasais, responsáveis ​​pela produção do muco nasal.

Acima de tudo, cabe lembrar que as infecções sinusais podem ser virais ou bacterianas.

 

Otite

A otite pode ser uma infecção no ouvido interno ou externo, ela é uma das causas mais comuns de dor de ouvido.

  • Uma infecção do ouvido interno: afeta a tuba auditiva, que conecta o ouvido médio à parte posterior da cavidade nasal e à parte superior da garganta. Isso geralmente tem uma causa viral e é mais comum entre crianças.
  • Infecção do ouvido externo: afeta o canal auditivo, o tubo que conecta o ouvido externo e o tímpano. A infecção geralmente envolve irritação direta do canal auditivo, através da água ou objetos como cotonetes. Ela é mais comum em adultos.

Outros sintomas que podem vir junto com a dor de ouvido são:

  • dificuldade em ouvir
  • uma sensação de pressão no ouvido
  • secreção saindo do ouvido
  • coceira ou irritação dentro e ao redor da orelha
  • febre
  • fadiga

 

Desordem temporomandibular

A disfunção temporomandibular (DTM) é uma condição musculoesquelética que afeta principalmente as articulações que conectam o osso maxilar ao crânio.

Pessoas com DTM podem sentir dor aguda ou maçante na mandíbula que se irradia para as orelhas e têmporas.

Outros possíveis sintomas de DTM incluem:

  • cliques, estalos ou ruídos de rangido ao mover a mandíbula
  • dificuldade em abrir a boca totalmente
  • mandíbula travando ao abrir a boca

 

Um objeto estranho no ouvido

Um objeto estranho pode ficar preso no canal auditivo. Crianças, por exemplo, tendem a inserir objetos nos ouvidos por curiosidade. Além disso, até mesmo o cotonete pode machucar o ouvido de quem não sabe usa-lo.

Um objeto estranho alojado na orelha pode causar:

  • dor aguda ou maçante
  • secreção saindo do ouvido
  • perda de audição
  • uma infecção

Uma pessoa que tenta remover o objeto em casa pode, inadvertidamente, empurrá-lo mais para dentro do canal auditivo. Portanto, sempre procure um profissional de saúde, que usa ferramentas e procedimentos especialmente desenvolvidos para remover esses objetos.

Clique aqui e saiba: Nariz entupido e dor de cabeça: 9 possíveis causas.

 

Sintomas

Dependendo da causa da dor de ouvido, uma pessoa também pode ter:

  • perda de audição
  • zumbido, que envolve a percepção de ruídos que vêm de dentro do ouvido
  • perda de equilíbrio
  • vertigem
  • paralisia do nervo facial

Da mesma forma, uma pessoa pode sentir dor de ouvido aguda apenas em certas situações, como ao bocejar ou engolir. Isso acontece porque esses movimentos abrem as trompas de Eustáquio, alterando a pressão dentro do ouvido.

 

Tratamento

Medicamentos de venda livre para o alívio da dor, como paracetamol (Tylenol) e ibuprofeno (Advil), podem ajudar a curto prazo.

Por outro lado, a melhor atitude a ser tomada irá depender da causa e da gravidade da dor.

A recuperação de uma infecção no ouvido geralmente é espontânea, portanto, o tratamento nem sempre é necessário. No entanto, o médico pode prescrever antibióticos se a infecção for bacteriana.

Remédios caseiros

Medicamentos de venda livre para aliviar a dor podem ajudar a aliviar as dores de ouvido e o desconforto de intensidade leve a moderada.

Além disso, segurar uma compressa quente ou fria contra o ouvido pode ajudar a aliviar a dor.

Entretanto, algumas pessoas usam cotonetes para tentar remover a cera do ouvido, mas isso pode realmente empurrar a cera de volta para o canal auditivo, causando mais problemas. Qualquer pessoa preocupada com o acúmulo de cera de ouvido deve consultar um médico.

 

Prevenção

As infecções de ouvido costumam ser as maiores responsáveis ​​por uma dor aguda nos ouvidos e pode ser difícil de prevenir. No entanto, pode ajudar:

  • não limpar os ouvidos com cotonete
  • evitar que água e shampoo entrem nos ouvidos durante o banho
  • usar tampões de ouvido ou touca de natação ao nadar
  • tratar eczema e outras doenças de pele
  • evite fumar ou estar em ambientes com fumaça
  • higienizar aparelhos eletrônicos como fones de ouvido, se outra pessoa os tiver usado

Para evitar dor de ouvido causada por mudanças na pressão externa ou altitude, tente:

  • bocejar
  • engolir
  • mascar chicletes
  • soprar suavemente pelas narinas tampadas e engolir

Essas ações, podem ajudar a abrir as trompas de Eustáquio, equalizando a pressão dentro e fora do ouvido.

 

Quando procurar um médico

A dor no ouvido pode desaparecer por conta própria. Mas se a dor for forte ou o ouvido estiver sangrando, a pessoa precisa de cuidados médicos imediatos.

Se alguém tiver alguma das seguintes situações, deve procurar um médico assim que possível:

  • dor de ouvido que persiste por mais de 3 dias
  • infecções de ouvido recorrentes
  • inchaço ao redor da orelha
  • fluido saindo do ouvido
  • perda auditiva ou outra mudança na audição
  • vômito
  • tontura
  • febre ou calafrios

Além disso, se ocorrer dor de ouvido aguda em alguém com qualquer um dos seguintes problemas de saúde, deve-se consultar um médico imediatamente:

  • doença cardíaca
  • diabetes
  • doença neurológica
  • sistema imunológico enfraquecido
  • doença pulmonar
  • doença renal

 

Resumo

Dor de ouvido geralmente resulta de uma infecção ou de uma mudança temporária na pressão do ar ou altitude. Da mesma forma, em outros casos, ela pode ser decorrente de uma disfunção temporomandibular (DTM) ou de um corpo estranho alojado no ouvido.

A dor, embora desagradável, pode não ser motivo de preocupação e desaparece sem tratamento.

No entanto, se a dor for forte ou persistente, ou se for acompanhada de qualquer outro sintoma, como sangramento ou secreção, consulte um médico. Além disso, a dor aguda no ouvido pode resultar de problemas de saúde que requerem atendimento médico imediato.

 

3 FONTES

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3173423/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7153047/
https://articles/sharp-pain-in-the-ear

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here