Hematoma espontâneo: tudo que você precisa saber

0
809
Hematoma espontâneo

Os hematomas ocorrem quando o sangue fica preso sob a pele, geralmente após uma lesão por impacto que danifica pequenos vasos sanguíneos. No entanto, nem todos os hematomas têm uma explicação simples.

Embora hematomas espontâneos ou repentinos não signifiquem necessariamente que uma pessoa tenha um problema de saúde, ainda pode valer a pena conversar com um médico.

Este artigo irá explicar os fatores e as causas de hematomas espontâneos e os sintomas que os acompanham. Também explica hematomas durante a gravidez e quando consultar um médico.

 

Fatores que afetam hematomas

A maioria dos hematomas não é motivo de preocupação e vai sarar em algumas semanas. Eles podem variar em cor, além disso, a cor da pele pode afetar a aparência de um hematoma.

No entanto, hematomas esporádicos aleatórios e espontâneos podem ser um sintoma de algo menos óbvio, especialmente se houver outros sintomas. Hematomas no tórax, parte superior do corpo, admonem, nas costas ou no rosto podem ser uma preocupação especial.

Aqui estão algumas informações chave para entender hematomas espontâneos:

  • Idade: os adultos mais velhos são muito mais suscetíveis a hematomas. A pele fica mais fina e menos flexível, especialmente na parte de trás dos braços. Além disso, os vasos sanguíneos perdem muita elasticidade e se rompem com muito mais facilidade.
  • Sexo: as mulheres tendem a se machucar mais facilmente do que os homens. Embora não haja evidências médicas conclusivas sobre o motivo, as mulheres geralmente têm a pele mais fina, o que torna mais fácil o desenvolvimento de hematomas.
  • Genética: a tendência de se machucar facilmente pode ser familiar. Por exemplo, a doença de Von Willebrand é um distúrbio hemorrágico hereditário no qual o sangue não coagula adequadamente. Isso causa hematomas mais recorrentes e maiores.

 

Causas de hematomas espontâneos

Hematomas inexplicáveis ​​são muito comuns e cicatrizam relativamente rápido. No entanto, se uma contusão persistir, mudar de tamanho ou parecer incomum, pode haver uma condição subjacente ou outros fatores envolvidos.

A seguir estão algumas causas possíveis de hematomas espontâneos.

Medicamentos e suplementos

Medicamentos como anticoagulantes, anti-inflamatórios não esteroides e corticosteroides, reduzem a capacidade de coagulação do sangue. Isso pode resultar em vazamento de sangue dos vasos sanguíneos e acúmulo de sangue sob a pele.

Alguns estudos sugerem que certos suplementos dietéticos como, ômega 3, alho e ginseng, também podem ser desencadeadores de sangramento e hematomas.

Um sangramento ou distúrbio de coagulação

Distúrbios hemorrágicos subjacentes como hemofilia, trombocitopenia ou deficiência congênita do fator V, podem causar hematomas.

A hemofilia é uma doença genética em que as pessoas não têm o fator de coagulação VIII ou IX, resultando em hematomas excessivos. É uma condição rara que afeta principalmente homens.

Pessoas com trombocitopenia imune têm baixa contagem de plaquetas, e hematomas também podem aparecer sem motivo. As plaquetas são células que ajudam o sangue a coagular e parar o sangramento.

A deficiência de fator V é um distúrbio hemorrágico raro em que as pessoas não têm o fator de coagulação da proteína V. Isso impede que o sangue coagule. Os sintomas podem ocorrer em qualquer idade, mas os casos mais graves tendem a ocorrer durante a infância.

Outros sintomas comuns de um distúrbio hemorrágico incluem:

  • hemorragias nasais
  • sangue na urina ou fezes
  • sangramento nas gengivas

Infecção

A sepse é uma infecção que causa o acúmulo de toxinas no sangue ou nos tecidos. Pessoas com sepse geralmente desenvolvem um aglomerado de pequenas manchas de sangue, semelhantes a alfinetadas na pele ou áreas roxas. Sem tratamento, podem aumentar de tamanho, juntar-se e formar hematomas maiores.

Também conhecida como envenenamento do sangue, a sepse requer tratamento de emergência imediato.

Deficiências de vitaminas

Uma dieta pobre em vitaminas pode afetar a saúde de várias maneiras negativas, além disso, a deficiência de vitaminas pode contribuir para hematomas aleatórios.

Algumas deficiências incluem deficiência de vitamina C e deficiência de vitamina K .

Necessária para a produção de colágeno, estimulando o sistema imunológico e mantendo a atividade antioxidante, a vitamina C é versátil e vital para a saúde. Ela também elimina radicais livres prejudiciais que podem levar à degeneração do tecido e hematomas aleatórios.

O resultado da extrema deficiência de vitamina C é o escorbuto, que também causa sangramento nas gengivas, perda de unhas e dentes e insuficiência cardíaca.

Enquanto isso, a deficiência de vitamina K pode contribuir para que aconteçam sangramentos aleatórios, mau desenvolvimento ósseo e doenças cardiovasculares. É rara a ocorrência em adultos, geralmente ocorrendo no período neonatal.

Da mesma forma, tomar anticoagulantes e antibióticos que interferem na produção de vitamina K pode causar deficiências.

As pessoas podem prevenir a deficiência de vitaminas fazendo mudanças na dieta e tomando suplementos.

Doença hepática ou renal

Quando o fígado é danificado, ele para de produzir as proteínas necessárias para a coagulação do sangue. Por exemplo, a cirrose é o resultado de danos contínuos de longo prazo, e desenvolver hematomas com facilidade é um sintoma aceito de cirrose.

No entanto, nesses casos, o hematoma não aparece isoladamente, mas sim junto com fadiga, perda de apetite, dor abdominal e náuseas.

Uma pessoa com doença renal sofre com hematomas regularmente devido à perda de elasticidade da pele.

Os medicamentos também podem impedir o processo de coagulação do sangue e inibir a função plaquetária. Além disso, a equimose, que ocorre quando o sangue vaza de um capilar rompido para o tecido circundante, é comum e requer um plano de tratamento preventivo.

Outras causas

Tratamentos de câncer, como quimioterapia e terapia direcionada, também podem causar hematomas. Isso ocorre porque eles reduzem a quantidade de plaquetas no sangue.

Hematomas espontâneos e sangramento são sintomas comuns de leucemia. Eles geralmente afetam as costas, pernas e mãos. Outra indicação de possível leucemia são muitos hematomas sem causa específica ou que demoram muito para desaparecer.

A síndrome de Bernard-Soulier é uma doença rara de coagulação sanguínea hereditária. Pessoas com essa condição ficam com hematomas facilmente, com sangramento de pequenos vasos sanguíneos sob a pele.

A síndrome de Gardner-Diamond é uma outra condição na qual ocorrem hematomas dolorosos e inesperados, principalmente nos braços, pernas ou rosto. Ocorre principalmente em mulheres que têm um problema de saúde mental ou estresse emocional.

 

Hematomas na gravidez

Se surgirem hematomas espontâneos na mulher grávida, os médicos irão verificar os níveis de plaquetas da gestante, mas hematomas podem ser um sintoma de trombocitopenia gestacional, que leva a uma baixa contagem de plaquetas.

Isso ocorre em 4,4% a 11,6% das gestações, e é responsável por cerca de 75% de todos os casos de trombocitopenia na gravidez.

Quando procurar um médico

É impossível prevenir completamente hematomas. Frequentemente, os hematomas são inofensivos, mas às vezes podem indicar uma condição médica que requer tratamento médico.

Por exemplo, uma pessoa deve consultar um médico se:

  • hematomas ocorrem sem motivo aparente e não cicatrizam em algumas semanas
  • existem contusões recorrentes
  • hematomas aparecem em locais incomuns, como parte superior do corpo, costas ou rosto
  • há uma série de hematomas em uma área específica, ou um aglomerado espalhado em diferentes partes do corpo
  • hematomas aparecem com outros sintomas, como fadiga, náusea ou temperatura corporal elevada

 

Resumo

Hematomas espontâneos raramente são motivo de preocupação. No entanto, se a descoloração e o desaparecimento não acontecerem em algumas semanas, vale a pena conversar com um médico. Pode haver um problema de coagulação do sangue ou outra condição subjacente que precisa de tratamento.

Acima de tudo, o uso de certos medicamentos e idade costuma estar na raiz do problema. No entanto, se uma pessoa apresentar outros sintomas ao lado de hematomas aleatórios e espontâneos, uma investigação mais aprofundada pode ser necessária.

3 FONTES

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4140424/
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S221156841500193X
https://articles/random-bruising

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here