O que é um EpiPen?

0
908
EpiPen

Na maioria dos casos, as pessoas com alergias desenvolvem sintomas leves a moderados como, olhos lacrimejantes, coriza ou erupção cutânea. Mas, às vezes, a exposição a um alérgeno pode causar uma reação alérgica com risco de vida, conhecida como anafilaxia. Essa reação severa acontece quando uma liberação excessiva de produtos químicos coloca a pessoa em choque.

Alergias a alimentos, picadas de insetos, medicamentos e látex são mais frequentemente associadas à anafilaxia. E nesses casos mais estremos o EpiPen é um grande aliado.

 

O que é um EpiPen?

O EpiPen é uma injeção que contém epinefrina também conhecida como adrenalina, um ingrediente ativo que ajuda a estreitar os vasos sanguíneos que abrem as vias aéreas. Acima de tudo, o EpiPen foi uma grande conquista médica e tornou-se uma necessidade para muitas famílias com indivíduos que sofrem de alergias muito graves.

 

Para que serve o EpiPen?

O EpiPen serve para combater os efeitos colaterais graves de ataques alérgicos como, respiração irregular, inchaço da face ou extremidades, batimentos cardíacos irregulares, chiado no peito e outras possíveis reações fatais. O EpiPen trata a anafilaxia ou reações alérgicas que podem ser desencadeadas por alimentos, drogas ou outros alérgenos, além de picadas de insetos. Eles geralmente são prescritos para pacientes com histórico de riscos mais elevados, como choque anafilático.

 

Como o EpiPen funciona?

O EpiPen funciona através de seu ingrediente ativo conhecido como epinefrina, um certo tipo de adrenalina. Esse hormônio ocorre naturalmente no corpo e é freqüentemente liberado pelas glândulas supra-renais em momentos de estresse ou emergência. Esse hormônio permite que o corpo lide com situações fatais ou com risco de vida.

Da mesma forma, o EpiPen libera adrenalina por injeção para tratar reações alérgicas fatais conhecidas como choques anafiláticos. O EpiPen controlará imediatamente os sintomas das alergias, como dificuldade em respirar, pressão arterial baixa, náusea, tontura, vômito, sensação de enjoo, pulso fraco, coceira na pele e muito mais.

Entretanto, como o EpiPen trabalha com receptores alfa e beta-adrenérgicos em nosso corpo. Em questão de minutos, as reações alérgicas são interrompidas e o corpo volta ao normal. Os receptores beta são encontrados nos pulmões e no coração, e os receptores alfa estão localizados nas paredes dos vasos sanguíneos.

O EpiPen é de ação rápida e os resultados podem ser vistos imediatamente. No entanto, como não é duradouro, o paciente ainda deve procurar assistência médica de emergência o mais rápido possível.

 

O que é anafilaxia?

A anafilaxia, também conhecida como ‘choque anafilático’, é uma reação alérgica. Essa condição médica afeta a garganta, os tecidos ao redor de todo o corpo e as vias aéreas. O inchaço decorrente da alergia ao redor das vias aéreas e da garganta, é o que torna a condição uma situação de emergência. Da mesma forma, as vias aéreas podem fechar de repente, levando a vítima a perder a consciência e, pior, morrer. Nesse caso, um tratamento oportuno com o uso de um EpiPen pode salvar salva-vidas.

Sintomas de anafilaxia

Os sintomas da anafilaxia ocorrem e pioram muito rapidamente. Esses sintomas incluem:

  • dificuldade ao respirar
  • inchaço da garganta, rosto ou lábios
  • chiado ou voz rouca
  • tonturas ou vertigens
  • batimento cardíaco acelerado
  • urticária e coceira
  • pele pálida ou pegajosa
  • náusea ou vômito
  • diarreia
  • dor abdominal
  • pressão sanguínea baixa
  • desmaio ou colapso

Clique aqui e saiba tudo sobre Alergia a oleaginosas: sintomas, causas e tratamento.

 

Como usar o EpiPen?

Se você é um paciente que sofre de alergias graves, tenha sempre um EpiPen com você onde quer que vá. Você deve saber como usar a caneta em caso de emergência ou ter pessoas próximas a você que saibam usar a caneta.

Além disso, é importante saber que o EpiPen vem em duas cores: verde, o que é melhor para crianças de 5 anos ou menos; e laranja, adequado para pacientes com 5 anos ou mais.

Injetando EpiPen

Para usar o EpiPen, você deve primeiro remover a tampa de segurança. Enquanto segura o EpiPen, coloque o polegar na frente ou nas laterais da caneta. É crucial, pois a agulha é carregada por mola. Coloque a caneta do lado de fora das cochas do paciente (como demostrado na imagem acima). Se o paciente estiver vestindo calças jeans, verifique se o EpiPen não será aplicado sobre as costuras. Ao pressionar a caneta, você ouvirá um som de clique.

Você deve segurar o EpiPen por cerca de dez a quinze segundos antes de removê-lo e, em seguida, esfregar o local da injeção para que o medicamento possa circular mais rapidamente. Após a injeção, coloque a proteção da agulha sobre a caneta. Cubra a agulha porque o EpiPen pode ser usado várias vezes. Há também um espaço no rótulo onde você preenche a data e a hora em que a caneta foi usada.

 

Efeitos colaterais do EpiPen

É necessário procurar um médico antes de comprar EpiPen e também se você já consultou mas, a sua primeira injeção causou algum efeito colateral, como aumento da dificuldade respiratória ou pressão arterial perigosamente alta (dor de cabeça intensa, visão turva, zumbido nos ouvidos, ansiedade, confusão, dor no peito, falta de ar, batimentos cardíacos irregulares, convulsões).

Procure um médico imediatamente se notar dor, inchaço, calor, vermelhidão ou outros sinais de infecção na área onde você injetou.

Os efeitos colaterais comuns do EpiPen podem incluir:

  • problemas respiratórios
  • batimentos cardíacos acelerados
  • pele pálida, sudorese
  • náusea e vomito
  • tontura
  • fraqueza ou tremores
  • dor de cabeça latejante

 

EpiPen cuidados

Enquanto o EpiPen salva vidas para a maioria das pessoas com alergias, há pessoas que devem agir com cautela ao usá-lo. Aqueles que têm diabetes ou hipertireoidismo devem ter cuidado e sempre procurar orientação médica antes de usar qualquer medicamento, assim como aqueles com problemas cardíacos (batimentos cardíacos irregulares, pressão alta, doença arterial coronariana, dentre outras).

Também é importante lembrar que, deve-se sempre manter esse e qualquer outro medicamento fora do alcance de crianças e animais domésticos, e nunca deve-se compartilhar medicamentos com outras pessoas.

Lembrando que, as informações contidas nesse texto são de cunho informativo e não se aplicam a fins de auto medicação. Por isso, sempre procure orientação médica adequada.

 

3 FONTES

EpiPen.

Anafilaxia.
O FDA alerta os pacientes e profissionais de saúde sobre os erros do injetor automático EpiPen relacionados a mau funcionamento do dispositivo e administração do usuário.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here