Prisão de ventre: o que você precisa saber sobre esse problema

0
722

Algumas pessoas usam o termo “intestino preguiçoso” para se referir a sua dificuldade de ir ao banheiro evacuar. As pessoas que têm prisão de ventre podem apresentar vários sintomas, como movimentos intestinais pouco frequentes, fezes muito duras e dificuldade de evacuação.

Continue lendo esse post para descobrir algumas das causas da prisão de ventre e os sintomas que podem acompanhá-la. Também descrevemos aqui várias opções de tratamento que podem ajudar na digestão adequada e aliviar os sintomas da prisão de ventre.

O que é um intestino preguiçoso?

Um intestino preguiçoso não é um distúrbio médico diagnosticável. No entanto, muitas pessoas usam esse termo para se referir à digestão mais lenta.

A digestão lenta resulta em movimentos intestinais pouco frequentes, que os médicos chamam de constipação intestinal.

Pessoas com constipação intestinal têm fezes muito duras. As fezes duras são mais difíceis de passar no trato intestinal e, portanto, podem levar a complicações como hemorroidas e evacuações dolorosas.

Algumas pessoas desenvolvem uma digestão mais lenta após o uso prolongado de laxantes estimulantes. Alguns exemplos desses medicamentos são:

  • óleo de rícino
  • dulcolax
  • lacto-purga

Os laxantes estimulam o peristaltismo, uma série de contrações musculares que o corpo usa para mover os alimentos pelo trato digestivo. Com o tempo, o corpo pode se tornar dependente dessa estimulação e desenvolver peristaltismo mais lento ou menos eficaz.

No entanto, algumas pessoas podem sentir a necessidade de usar laxantes estimulantes. Nesse caso, é importante usar a dose mais baixa possível e confiar apenas no medicamento por um curto período de tempo.

Prisão de ventre sintomas

Os seguintes sintomas podem ser sentidos por quem tem um intestino mais preguiçoso:

  • sentir vontade de evacuar com pouca frequência
  • evacuar menos de uma vez por semana
  • sensação de evacuação incompleta
  • inchaço e dor abdominais
  • náusea

Causas da prisão de ventre

Existem várias causas para prisão de ventre dentre elas:

  • Uso de laxantes: pessoas que usam laxantes estimulantes por longos períodos podem passar a ter dificuldade de evacuar sem eles.
  • Medicamentos e outas drogas: algumas drogas, incluindo opioides, podem retardar a digestão e causar prisão de ventre.
  • Consumo de fibra: Comer mais fibra pode ajudar a aliviar muitas formas de constipação, mas muita fibra consumida de maneira errada, também pode piorar a situação. A fibra aumenta a quantidade de fezes no reto, o que não é útil para uma pessoa com intestino preguiçoso, pois ela terá dificuldade de ir ao banheiro com frequência.
  • Bloqueio físico: um crescimento ou outro bloqueio físico no trato digestivo pode retardar a digestão.
  • Síndrome do intestino irritável: a síndrome do intestino irritável pode causar constipação, gases, diarreia e outros problemas digestivos. Inclusive, pesquisadores já mostraram que pessoas com síndrome do intestino irritável tendem a ter níveis aumentados de sensibilidade no intestino.
  • Doença da tireoide: algumas pessoas com tireoide hipoativa ou hipotireoidismo sofrem de constipação crônica ou têm sua digestão lenta.
  • Danos nos nervos: danos a vários nervos do trato digestivo podem retardar a digestão. Lesões neurológicas, como medula espinhal ou lesões cerebrais traumáticas, também podem retardar a digestão.

O intestino preguiçoso pode não ser a única causa da constipação. Algumas outras causas possíveis causas podem ser:

  • hábitos intestinais não saudáveis, como segurar a vontade de evacuar
  • hemorroidas
  • dano nos músculos anais
  • disfunção do assoalho pélvico
  • distúrbios do desenvolvimento intestinal

Diagnóstico

Ter um intestino preguiçoso é um sintoma e não uma condição médica diagnosticável. Como tal, uma pessoa que tem uma digestão mais lenta deve consultar um médico para ter um diagnóstico mais preciso.

Remédios tradicionais para constipação, como comer mais fibras ou beber mais água, podem não funcionar para todas as pessoas. Como tal, é importante que o médico receba informações bem detalhadas e precisas sobre os sintomas e histórico médico de uma pessoa. Pois, estas informações irão ajudá-lo a formular um diagnóstico mais preciso.

Um médico também pode realizar um exame físico para verificar se há anormalidades no reto ou no ânus. Alguns médicos podem avaliar a saúde dos músculos do assoalho pélvico.

Eles também podem usar testes e procedimentos de diagnóstico, como uma colonoscopia, para detectar qualquer anormalidade no trato digestivo.

Tratamento

O tratamento para digestão lenta e ou prisão de ventre depende da causa específica em si.

Às vezes, um médico pode não conseguir identificar um motivo em específico para a digestão lenta ou prisão de ventre. Nesse caso, pode ser útil que o indivíduo mantenha um registro de seus sintomas ao tentar tratamentos diferentes.

Alguns tratamentos potenciais para prisão de ventre incluem:

Avaliar a ingestão de fibras

Aumentar significativamente a quantidade de fibra na dieta pode piorar a prisão de ventre. No entanto, a ingestão muito baixa de fibras pode dificultar a passagem das fezes pelo trato intestinal.

Uma pessoa deve sempre pedir aconselhamento médico para saber qual o nível de ingestão de fibra adequado para ela.

Reduzir o uso de laxantes

Pessoas com intestino preguiçoso podem achar que os laxantes estimulantes ajudam a melhorar a sua condição. Mas, eles devem reduzir o uso desses laxantes e conversar com seu médico sobre outros tipos de solução para o problema.

Enemas

Um enema é um procedimento que envolve lavar os intestinos usando uma injeção de líquido através do reto.

Um enema pode ajudar uma pessoa a ter uma evacuação. No entanto, é importante conversar com um médico sobre o uso a longo prazo deste tratamento.

Cirurgia

Em casos muito raros e extremos de prisão de ventre, um médico pode recomendar uma cirurgia para instalar uma bolsa de colostomia. Uma bolsa de colostomia em geral é usada apenas para pessoas com constipação grave e incontinência fecal devido a um distúrbio neurológico subjacente ou outra condição mais grave de saúde.

Estimulação elétrica interferencial

A estimulação elétrica interferencial utiliza correntes elétricas indolores para aumentar a velocidade da digestão e melhorar o funcionamento dos nervos no trato digestivo. Essa também pode ser uma alternativa à cirurgia.

Resumo

Às vezes, as pessoas usam o termo intestino preguiçoso para se referir à sua digestão mais lenta, ou apenas dizem que estão com prisão de ventre. Porém, muitas vezes essa afirmação é feita por mera especulação, pois, a pessoa não procurou um médico afim de ter um diagnóstico mais preciso sobre seu problema.

A digestão lenta por sua vez, resulta em movimentos intestinais pouco frequentes, o que pode causar fezes duras, dor abdominal e movimentos intestinais dolorosos.

Existem muitas causas potenciais para a prisão de ventre, algumas das quais estão ligadas ao estilo de vida e são relativamente fáceis de mudar. Às vezes, a digestão lenta é o resultado de uma condição médica subjacente que requer tratamento adequado.

Pessoas que apresentam sintomas de constipação ou prisão de ventre devem ter em mente que precisam procurar um médico para obter um diagnóstico preciso sobre seu problema.

FONTE

Causas da constipação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here