SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL: 12 alimentos para não comer

0
465
Mulher com dor na barriga, Síndrome do Intestino Irritável

O que é Síndrome do intestino irritável (SII)?

A síndrome do intestino irritável (SII) é um distúrbio no trato digestivo. Essa condição médica crônica causa inflamação das vilosidades intestinais. Os sintomas variam, mas envolvem em grande parte diarreia, constipação, gases, inchaço e cólicas estomacais e podem ser controlados e reduzidos com medicamentos eficazes para a (SII) síndrome do intestino irritável.

 

Síndrome do intestino irritável sintomas

Pessoas com síndrome do intestino irritável (SII), apresentam um grupo de sintomas ao mesmo tempo. Mas não parecem ter evidências de danos ou doenças no sistema digestivo.

Síndrome do intestino irritável (SII) causa os seguintes sintomas:

  • desconforto abdominal
  • dor no abdômen
  • inchaço
  • gases
  • sensação de que os movimentos intestinais estão incompletos
  • incapacidade de esvaziar os intestinos
  • constipação
  • diarreia
  • indigestão
  • náusea

Os pesquisadores não sabem a causa exata da síndrome do intestino irritável. No entanto, pessoas com SII podem aliviar os sintomas por meio de mudanças na dieta, medicação, controle do estresse, terapia comportamental e várias terapias alternativas.

Cada pessoa é diferente entre si, por isso é importante aprender sobre sua própria doença e observar os padrões (talvez mantendo um diário). Mas, como regra geral, listamos aqui alguns alimentos que pessoas com a SII devem evitar.

 

Cafeína

A cafeína é um estimulante e, embora a percepção principal seja que ela estimula o cérebro, ela também estimula os intestinos. Isso pode causar diarreia; portanto, quando quem sofre de SII precisa de um estimulante, é melhor não optar pelo café.

 

Bebidas alcoólicas

A maneira como o corpo digere o álcool, associada ao fato de que ele desidrata e afeta a função hepática, pode afetar a digestão de uma pessoa com corpo saudável. Portanto, para alguém com síndrome do intestino irritável, os efeitos de uma noite de bebedeira podem ser muito mais problemáticos.

Se você tem a síndrome e costuma beber, tente fazer escolhas inteligentes. Optando por uma bebida destilada com menos açúcar.

 

Alimentos fritos

Alimentos com alto teor de gordura (bem como qualquer alimento que tenha sido frito) podem ser prejudiciais para o sistema digestivo de pessoas com SII. E como fritar os alimentos pode dificultar a digestão, considere grelhar ou assar alimentos e só comer frituras com moderação.

 

Laticínios

Muitas pessoas com síndrome do intestino irritável são intolerantes à lactose, o que significa que comer laticínios (leite, queijo, iogurte e outros) pode piorar os sintomas e causar diarreia. Felizmente, é fácil encontrar alternativas sem lactose para a maioria dos laticínios (se não todos).

 

Chocolate

A maioria das pessoas sabe que o chocolate é rico em açúcar, mas nem todos percebem sua alta concentração de cafeína. Junte os dois e você descobrirá que o chocolate causa prisão de ventre em muitas pessoas que sofrem da síndrome do intestino irritável. No entanto, muitas pessoas acham que o chocolate vegan é mais tolerável para quem tem o problema.

 

Adoçantes

Uma dieta rica em açúcar não é boa para ninguém, muito menos para pessoas com SII. Mas tome cuidado com os produtos rotulados como “sem açúcar”. Esses alimentos geralmente contêm muitos adoçantes, que são mais difíceis de serem absorvidos pelo corpo.

 

Alho e Cebola

Esses dois vegetais versáteis são a base da maioria das grandes receitas e são maravilhosos para adicionar sabor à sua comida. Entretanto, pode ser difícil para seu intestino digeri-los, o que pode causar gases e cólicas dolorosas. Isso geralmente é pior com as versões cruas de alho e cebola, mas as versões cozidas ainda podem ser desencadeadoras para aqueles que sofrem da síndrome SII.

 

Glúten

O glúten é uma proteína que está presente em vários grãos diferentes (como trigo, centeio e cevada). E muitos pacientes com síndrome do intestino irritável também são intolerantes ao glúten. Felizmente, agora existem tantas opções sem glúten disponíveis que isso não deve restringir muito sua dieta, mas tome cuidado na hora de verificar os rótulos dos alimentos se você descobrir que o glúten é um gatilho para você.

 

Brócolis e couve-flor

Esses vegetais em forma de árvore não são os mais fáceis de digerir, mesmo para pessoas sem SII. Portanto, se alguém com a síndrome os comer, essa digestão complicada pode resultar em prisão de ventre. Ralar esses vegetais pode ajudar, mas muitas pessoas descobrem que é melhor cortá-los da dieta totalmente.

 

Fibra insolúvel

A fibra pode ser dividida em categorias solúveis e insolúveis. Com a insolúvel causando (ou piorando) diarreia em muitos portadores de SII. No entanto, você não deve cortar as fibras completamente, pois elas adicionam um volume de nutrientes saudáveis à sua dieta e ajudam a regular a digestão.

Acima de tudo, sempre opte pelas fibras solúveis. Elas estão presentes em grãos como aveia e cevada, frutas como laranjas e toranjas, frutas vermelhas e vegetais como cenoura e nabo.

 

Feijão e leguminosas

Feijões e leguminosas são uma grande fonte de proteína e um alimento básico para pessoas que seguem uma dieta baseada em vegetais ou vegana. No entanto, eles podem causar gases e distensão abdominal, o que pode causar cólicas muito dolorosas.

 

Refrigerantes

Este é um exemplo simples do famoso “tudo que entra tem que sair”. As bebidas gaseificadas são carbonatadas com o ar e, conforme você as bebe, também está absorvendo todo aquele gás contido nelas. E como o que entra deve sair, essas bebidas podem causar inchaço, prisão de ventre e muitos gases intestinais.

Clique aqui e saiba: COMO MELHORAR A FLORA INTESTINAL SEM GASTAR DINHEIRO!

 

Alimentos FODMAP

Para pessoas com síndrome do intestino irritável (SII), comer diariamente não precisa ser um campo minado. Os especialistas recomendam seguir uma dieta baixa em FODMAP para evitar o desencadeamento dos sintomas.

A sigla FODMAP que provém do inglês significa (oligossacarídeos fermentáveis, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis). Esta dieta alimentar se concentra em comer carboidratos de cadeia longa que seu corpo será capaz de absorver e digerir adequadamente. Os carboidratos de cadeia longa não estão presentes nas frutas, vegetais e grãos.

Isso não significa que você não pode comer frutas, vegetais, grãos, proteínas e qualquer outra coisa de que goste. Trata-se simplesmente de fazer escolhas mais inteligentes para melhorar os sintomas da síndrome do intestino irritável. No entanto, cabe lembrar que já existem medicamentos que um médico poderá indicar, que também poderão ajudar a aliviar os sintomas da SII.

 

2 FONTES

https://www.ukmeds.co.uk
https://www.niddk.nih.gov

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here