Home Problemas de Saúde 12 mitos sobre anemia que você não deve acreditar!

12 mitos sobre anemia que você não deve acreditar!

0
572
Mitos sobre anemia

A anemia acontece quando não há glóbulos vermelhos saudáveis ​​o suficiente no organismo para transportar oxigênio aos órgãos do corpo. Como resultado, é comum sentir frio e sintomas de cansaço ou fraqueza excessiva.

Existem muitos tipos diferentes de anemia, mas o tipo mais comum é a anemia por deficiência de ferro. Você pode começar a aliviar os sintomas desse tipo de anemia adicionando ferro à sua dieta.

Nesse texto vamos falar sobre alguns mitos sobre anemia, que as pessoas pensam que são verdades, mas na realidade não são.

 

Mito 1: pessoas acima do peso não têm anemia

Esta é uma informação completamente falsa. As pessoas geralmente associam peso à saúde e baixo peso à doença. Isso deve ser evitado, o peso da pessoa não deve estar associado à sua saúde.

Portanto, uma pessoa pode estar acima do peso e ainda assim ter anemia. Até porque, existem muitos tipos de anemia, e alguns deles não são desencadeados por má alimentação.

 

Mito 2: apenas carnes contêm boas quantidades de ferro

Isso é falso, pois existem outros alimentos que também fornecem muito ferro. Podemos encontrar esse elemento em vários alimentos de origem animal, como fígado, peixe e outros. Da mesma forma, podemos encontrar ferro em alimentos de origem vegetal, como no espinafre, acelga, brócolis, aspargo, feijão e lentilha.

Além disso, oleaginosas como amêndoas e brotos ou sementes de girassol ou chia também contribuem para elevar os níveis de ferro no sangue.

 

Mito 3: consumir muito limão afina o sangue e causa anemia

Esse é um grande mito, na verdade, o limão é uma fonte de vitamina C e favorece a absorção de ferro pelo organismo.

Seu intestino absorve o ferro de origem animal (conhecido como ferro heme) com muita facilidade, enquanto o ferro de fontes vegetais (ferro não-heme) não é tão fácil de ser absorvido. No entanto, essa absorção pode ser melhorada consumindo vitamina C e ácido cítrico.

Como os limões contêm vitamina C e ácido cítrico, eles podem proteger contra a anemia, garantindo que você absorva o máximo de ferro possível dos alimentos.

 

Mito 4: se você tem deficiência de ferro, é anêmico e vice-versa

A anemia pode certamente ser causada por deficiência de ferro. E de fato, a deficiência de ferro é a causa mais comum de anemia. No entanto, não significa que a deficiência de ferro e a anemia sempre possam estar ligadas. Existem outras causas para esse problema, como mencionamos anteriormente no texto. E esses outros tipos de anemia não são causados ​​por deficiência nutricional de ferro.

 

Mito 5: se você é vegano ou vegetariano, terá anemia

Enquanto a carne vermelha é uma fonte comum de ferro, alimentos vegetais como folhas verdes também são boas fontes de ferro. Desistir de carne e laticínios pode aumentar suas chances de anemia por deficiência de ferro, mas isso não necessariamente quer dizer que todo vegano ou vegetariano vai ter anemia.

Outra causa de anemia é a falta de vitamina B12 em sua dieta, pois essa vitamina desempenha um papel importante na produção de glóbulos vermelhos. A vitamina B12 é encontrada em carnes vermelhas, aves e laticínios, e geralmente está ausente em alimentos vegetais.

Portanto, acredita-se que adeptos de dietas vegetarianas e veganas têm maior risco de falta de vitamina B12 e consequentemente mais chances de ter anemia. Mas, se uma pessoa que é vegana ou vegetariana monitorar a sua dieta da forma correta ela não terá anemia.

Caso seja necessário, a pessoa poderá conversar com um médico ou nutricionista sobre a possibilidade de tomar um suplemento de vitamina B12.

 

Mito 6: a anemia é genética

A anemia pode ser genética, mas, só em algumas situações. Em alguns casos, a anemia pode ser um distúrbio hereditário e genético raro do sangue, que pode levar à falência da medula óssea. No entanto, esse tipo de anemia se chama anemia aplástica que impede a medula óssea de produzir novas células sanguíneas suficientes para o seu corpo funcionar normalmente.

Outras formas de anemia, como a falciforme e talassemia, são formas de anemias hereditárias. Entretanto, embora estejam ligados à genética, na maioria dos casos são adquiridas, por falta de ferro ou por alguma doença.

Clique aqui e descubra: Tudo que você precisa saber sobre Anemia!

 

Mito 7: crianças sofrem mais com anemia do que adultos

A anemia por deficiência de ferro é comum em bebês e crianças, mas não se limita a essa faixa etária. Mulheres em idade fértil também são mais suscetíveis à anemia por deficiência de ferro, mas esse problema também pode ocorrer em qualquer estágio da vida de qualquer pessoa. A anemia pode afetar pessoas de todas as idades.

 

Mito 8: anemia é sinal de má alimentação

Embora a desnutrição em crianças seja a causa mais comum de anemia, outras classes desse problema, como células falciformes e talassemia, não são causadas por deficiências nutricionais e baixa ingestão de ferro.

Além disso, nos adultos, a anemia também pode ser causada por inflamações, doença renal, infecções, câncer ou gastrite hemorrágica.

 

Mito 9: todo diabético tem anemia

Um dos possíveis problemas ocasionados pela diabetes é o comprometimento da função renal e com isso o aparecimento de um quadro de anemia. No entanto, se a pessoa segue seu tratamento para diabetes da maneira correta e seu rim funciona corretamente. Ela não terá esse tipo de problema. Logo, nem todo diabético tem anemia.

 

Mito 10: mulheres com anemia ferropriva (deficiência de ferro) não podem amamentar

Uma mulher pode amamentar com segurança mesmo que sofra de anemia por deficiência de ferro. Apenas será necessário discutir a dieta e o uso de um suplemento de ferro com um médico.

 

Mito 11: quem tem anemia não pode praticar esportes

Não há razão para que crianças ou adultos com anemia não pratiquem esportes. Embora possa ser desafiador fazer exercícios físicos devido à falta de oxigênio causada pela falta de glóbulos vermelhos no sangue, uma pessoa que tem anemia ainda pode se exercitar, se desejar.

É importante começar devagar e ouvir o seu corpo. Por outro lado, pode ser necessário consultar um médico caso a pessoa esteja insegura em relação a esse assunto.

 

Mito 12: anemia pode se transformar em leucemia

Acima de tudo, uma doença não tem nada a ver com a outra. Embora ambas ocorram no sangue, uma anemia nunca progride para leucemia. No entanto, um indivíduo que tem leucemia, pode desenvolver anemia, uma vez que a medula óssea não produz adequadamente glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas.

 

3 FONTES

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK499994/
https://www.hematology.org/education/patients/anemia
https://www.nhlbi.nih.gov/health-topics/anemia

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here