Ácido fólico e Folato: tudo o que você precisa saber

0
857

Embora sejam muito semelhantes, existem algumas diferenças importantes entre ácido fólico e folato. Ambos se referem à vitamina B9, que desempenha um papel fundamental na prevenção de irregularidades no nascimento e na produção de glóbulos vermelhos saudáveis.

Folato é uma das muitas formas da vitamina B9, que ainda inclui ácido fólico, dihidrofolato (DHF), tetrahidrofolato (THF) e muitos outros. O corpo usa vitaminas do complexo B para criar novas células.

O ácido fólico é uma forma sintética de folato, os fabricantes de alimentos o adicionam a muitos produtos, como farinha de trigo, de milho e outros, pois é uma regra obrigatória da ANVISA. Logo pão, macarrão, arroz, cereais matinais e outros alimentos tendem a conter ácido fólico adicional.

Qual a diferença entre Ácido fólico e Folato?

O folato e o ácido fólico têm efeitos muito semelhantes, ambos ajudam o corpo a criar novas células, como os glóbulos vermelhos.

O folato passa pelo sistema digestivo e entra na corrente sanguínea através do intestino. A partir daí, o folato vai para o fígado para processamento. Qualquer excesso passa para os rins e, a partir dos rins, deixa o corpo na urina.

Tomar muita vitamina solúvel em gordura pode causar problemas de saúde. O corpo armazena vitaminas A e D nas reservas de gordura, para que possam acumular-se ao longo do tempo.

No entanto, é muito difícil alguém ter excesso de folato, pois ele se dissolve na água. Isso significa que o corpo pode se livrar dos excessos facilmente. Embora o sangue possa conter algum excesso de folato, isso não causa riscos conhecidos à saúde.

A tabela a seguir compara o ácido fólico com o folato:

Ácido fólico Folato
Benefícios
  • facilmente absorvido pelo corpo
  • nas grávidas ajuda a prevenir algumas irregularidades no nascimento
  • ocorre naturalmente em uma ampla variedade de alimentos, reduzindo a necessidade de suplementos
Riscos
  • pode mascarar uma deficiência de vitamina B12
  • pode interagir com alguns medicamentos
  • pode mascarar uma deficiência de vitamina B12
  • pode interagir com alguns medicamentos
Efeitos colaterais Os efeitos colaterais são altamente incomuns, mas podem incluir:

  • inchaço
  • perda de apetite
  • náusea
É improvável que o folato proveniente de fontes naturais cause efeitos colaterais.
Tipos O ácido fólico é sintético. Está disponível em alguns alimentos e em forma de suplemento, em comprimido ou líquido. O folato abrange as seguintes formas de vitamina B9:

  • ácido fólico
  • DHF
  • THF
  • metilenotetrahidrofolato
  • metiltetrahidrofolato

Fontes

Os fabricantes fortalecem os alimentos com ácido fólico, em vez de folato. Isso ocorre porque o folato é perdido durante preparo da comida, pois o calor e a luz podem decompô-lo.

As seções abaixo listam algumas fontes de ácido fólico e folato.

Ácido fólico

O ácido fólico está presente em uma variedade de alimentos fortificados, bem como em forma de suplemento. As fontes de ácido fólico incluem:

  • farinha fortificada de trigo, arroz e outras
  • cereais matinais fortificados
  • pão fortificado
  • suplementos vitamínicos

Os suplementos geralmente contêm de 400 a 1.000 microgramas (mcg) de ácido fólico. Em média, um adulto recebe 140 mcg de ácido fólico por dia com alimentos fortificados.

Folato

A dose diária recomendada de folato é de 400 mcg por dia para um adulto e 600 mcg para uma mulher grávida.

O folato ocorre naturalmente em muitos alimentos. Alguns alimentos contêm mais folato que outros. De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde, os cinco alimentos com os níveis mais altos de folato são:

  • bife de fígado
  • espinafre
  • feijão de corda
  • cereal fortificado de café da manhã
  • aspargos
  • nozes
  • feijões

Vegetais verde escuro, vegetais folhosos, frutas, nozes, frutos do mar, ovos, laticínios, aves, suco de laranja e grãos contêm folato. Comer uma dieta variada com diferentes fontes de folato ajudará a pessoa a manter um bom equilíbrio de nutrientes.

Carnes gordurosas e laticínios são boas fontes de folato, mas por possuírem uma grande quantidade de gorduras prejudiciais à saúde, não são uma boa escolha. Por isso, opte por carnes magras e laticínios com pouca gordura.

Pode tomar ácido fólico durante a gravidez?

Tanto o ácido fólico quanto o folato são importantes para as mulheres gravidas. Ter um nível suficientemente alto de folato no sangue pode ajudar a prevenir irregularidades no nascimento.

Baixos níveis de folato no sangue podem aumentar o risco de irregularidades no tubo neural. Essas alterações congênitas afetam a medula espinhal e o cérebro. Dois exemplos comuns são:

  • espinha bífida, uma condição na qual a coluna não se forma adequadamente e que pode danificar os nervos
  • anencefalia, que impede que partes do cérebro e do crânio se formem normalmente

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendam que as mulheres comecem a tomar um suplemento de ácido fólico pelo menos 1 mês antes da concepção.

A recomendação é de 400 mcg de ácido fólico por dia, além de uma dieta variada com alimentos ricos em folato.

O que causa a falta de ácido fólico?

A deficiência de ácido fólico acontece quando o corpo não possui reservas adequadas de ácido fólico de vitamina B. Mas, como muitos alimentos do dia a dia contêm ácido fólico, essa deficiência é bem incomum.

Ter baixos níveis de folato no sangue pode causar anemia por deficiência de folato. E quando isso se acontece o corpo produz glóbulos vermelhos maiores que não funcionam corretamente.

O que acontece com a falta de ácido fólico no organismo?

  • cansaço
  • baixos níveis de energia
  • uma sensação de formigamento nos braços, mãos, pernas ou pés
  • úlceras na boca
  • problemas com a visão
  • perda de memória

O ácido fólico trabalha com outras vitaminas do complexo B para controlar os níveis de um aminoácido chamado homocisteína. Ter altos níveis de homocisteína no corpo pode aumentar o risco de doença cardíaca e derrame. Incluir folato suficiente na dieta ou fazer a suplementação pode ajudar a reduzir o risco de derrame.

Além disso, condições digestivas como a doença celíaca podem impedir que o corpo absorva nutrientes adequadamente. Isso pode aumentar a chance de uma deficiência de folato. A dependência de álcool também pode aumentar esse risco.

Considerações

O corpo precisa de folato para funcionar normalmente. A maioria das crianças e adultos obtém folato suficiente através de sua dieta. Por isso, escolha uma grande variedade de alimentos para obter a melhor variedade de nutrientes.

Mulheres que planejam engravidar ou que estão no estágio inicial da gravidez devem tomar um suplemento de ácido fólico. Isso pode ajudar a prevenir irregularidades no nascimento da criança.

O ácido fólico é sempre incluído nas vitaminas pré-natais e suplementos individuais de ácido fólico, que são amplamente vendidos em farmácias ou fornecidos pelos serviços de saúde.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here