Doença de Crohn: Guia completo

0
479
Doença de Crohn, guia completo

Se você foi diagnosticado com doença de Crohn ou está procurando mais informações sobre a doença, continue lendo esse artigo para saber mais sobre os sintomas, as causas, o diagnóstico e o tratamento dessa doença.

 

Fatos rápidos sobre a Doença de Crohn:

  • Homens e mulheres têm a mesma probabilidade de serem afetados pela doença de Crohn.
  • A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas em geral é mais prevalente em adolescentes e adultos entre 15 e 35 anos.
  • O tipo de alimentação e o estresse podem agravar a doença de Crohn, mas até onde se sabe não são os causadores da doença.
  • Pesquisas recentes sugerem que fatores hereditários, genéticos e ambientais contribuem para o desenvolvimento da doença de Crohn.

 

[sc_fs_faq html=”true” headline=”h2″ img=”” question=”O que é a doença de Crohn?” img_alt=”” css_class=””] A doença de Crohn é uma doença crônica que causa inflamação no trato digestivo. Pode afetar qualquer parte do trato digestivo, que vai da boca até o ânus. Mas geralmente afeta o intestino delgado e o início do intestino grosso. [/sc_fs_faq]

[sc_fs_faq html=”true” headline=”h2″ img=”” question=”Doença de Crohn é autoimune?” img_alt=”” css_class=””] A doença de Crohn é uma doença autoimune, pois o sistema imunológico do corpo acaba atacando por engano os tecidos saudáveis do trato digestivo. Consequentemente, isso acaba causando um processo inflamatório, fazendo com que o intestino seja muito prejudicado. [/sc_fs_faq]

 

Doença de Crohn causas

A causa da doença de Crohn é desconhecida. Os pesquisadores acreditam que uma reação autoimune pode ser uma das causas da doença. Uma reação autoimune ocorre quando seu sistema imunológico ataca células saudáveis ​​em seu corpo. Além disso, a genética também pode desempenhar um papel crucial no desenvolvimento da doença.

Da mesma forma, o estresse e a ingestão de certos alimentos não causam a doença, mas podem piorar os seus sintomas.

 

Quem corre risco de contrair a doença de Crohn?

Existem certos fatores que podem aumentar o risco de ter a doença de Crohn:

  • Histórico familiar: ter um pai, um filho, um irmão, ou outro parente de sangue direto com a doença de Crohn coloca você em maior risco.
  • Fumantes: o tabagismo pode dobrar o risco de desenvolver a doença de Crohn.
  • Certos medicamentos: alguns medicamentos podem aumentar ligeiramente sua chance de desenvolver Crohn. Dentre eles, antibióticos, pílulas anticoncepcionais e anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), como aspirina ou ibuprofeno.
  • Dieta rica em gorduras: uma dieta rica em gorduras pode aumentar ligeiramente o risco de Crohn.

Onde a doença de Crohn é mais comum:

  • Países desenvolvidos, ao invés de países subdesenvolvidos.
  • Cidades e vilas urbanas, em vez de áreas rurais.
  • Regiões mais frias, em vez de climas mais quentes.

 

Sinais e sintomas da doença de Crohn

A doença de Crohn pode afetar cada paciente de uma maneira um pouco diferente. Em outras palavras, os sintomas que você sente, podem ser diferentes dos sintomas de uma pessoa conhecida. Isso acontece porque tudo irá depender de qual parte do trato gastrointestinal esta sendo afetado pela doença de Crohn.

Além disso, a doença de Crohn é uma doença crônica, o que significa que os pacientes provavelmente passarão por períodos em que os sintomas estão ativos, conhecidos como crises, seguidos por períodos de remissão em que a pessoa pode não notar nenhum tipo de sintoma.

Entretanto, embora seja importante reconhecer os sinais e sintomas da doença de Crohn, apenas um médico pode confirmar o diagnóstico. Se você suspeita que pode ter doenças inflamatórias intestinais (DII), marque uma consulta com um médico para trabalhar em um diagnóstico e plano de tratamento.

Inflamação do trato gastrointestinal

Intestino de Doença de Crohn

A doença de Crohn pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal, da boca ao ânus. Embora os sintomas variem de paciente para paciente, existem alguns sintomas comuns de inflamação do trato gastrointestinal causados pela doença de Crohn.

  • diarreia persistente
  • sangramento retal
  • necessidade urgente de evacuar
  • cólicas e dores abdominais
  • sensação de evacuação intestinal incompleta
  • constipação, que pode levar à obstrução intestinal

Sintomas além do intestino

A doença inflamatória intestinal (DII) pode causar sintomas sistêmicos fora do trato gastrointestinal que afetam sua saúde geral e sua qualidade de vida.

Alguns desses sintomas são:

  • vermelhidão ou dor nos olhos, ou alterações na visão
  • aftas
  • articulações inchadas e doloridas
  • complicações da pele, como inchaços, feridas ou erupções cutâneas
  • febre
  • perda de apetite
  • perda de peso
  • fadiga
  • suor noturno
  • ausência do ciclo menstrual
  • osteoporose
  • pedras nos rins
  • complicações raras do fígado, incluindo colangite esclerosante primária e cirrose

Complicações graves da doença de Crohn

Em casos mais graves, a doença de Crohn pode levar a complicações graves como:

  • Fístula: causada por inflamação, é um canal anormal que se forma entre uma parte do intestino e outra, ou entre o intestino e a bexiga, vagina ou pele. As fístulas são mais comuns na região anal e precisam de atendimento médico imediato.
  • Estenose: é um estreitamento do intestino como resultado de uma inflamação crônica.
  • Obstrução intestinal: que é um bloqueio no intestino.
  • Abcessos: bolsas de infecção cheias de pus.
  • Fissuras anais: pequenas lacerações em seu ânus que podem causar coceira, dor ou sangramento, especialmente durante a evacuação.
  • Úlceras: feridas abertas na boca, intestinos, ânus ou períneo.
  • Desnutrição: quando seu corpo não recebe a quantidade certa de vitaminas, minerais e nutrientes de que precisa.
  • Processos inflamatórios: inflamações em outras áreas do corpo, como articulações, olhos e pele.

 

Diagnóstico e teste da doença de Crohn

A doença de Crohn apresenta uma ampla gama de sintomas que variam de pessoa para pessoa. Citaremos algumas das opções de diagnósticos disponíveis, na hora de identificar a parecença da doença de Crohn.

Acima de tudo, não existe um teste único para confirmar o diagnóstico da doença de Crohn. Além disso, os sintomas da doença costumam ser semelhantes a outras condições de saúde, incluindo infecção bacteriana. Em geral, os profissionais de saúde irão avaliar seu histórico médico atual e usar informações de testes de diagnóstico para excluir outras causas potenciais de seus sintomas. No entanto, este processo pode demorar algum tempo.

Em conclusão, se você você ou um ente querido estão apresentando sintomas que podem ser da doença de Crohn, consulte um médico o mais rápido possível.

Teste inicial e avaliação

O primeiro passo para o diagnóstico e tratamento é um exame físico padrão do corpo. Seu médico falará com você e fará perguntas sobre sua saúde geral, dieta e nutrição, histórico familiar e sua rotina diária.

O que esperar:

  • O seu médico pode solicitar um teste de diagnóstico para procurar sinais da doença de Crohn e descartar outras condições médicas possíveis.
  • Seus primeiros testes provavelmente incluirão exames laboratoriais de sangue e fezes.
  • Outros testes podem incluir raios-X do trato gastrointestinal superior e inferior. Da mesma forma, o médico pode recomendar um teste que usa um contraste químico que irá ajudar a ver uma imagem mais clara e detalhada do seu trato gastrointestinal. O tipo de contraste usado varia de acordo com o teste.
  • Acima de tudo, considere trazer um parente de confiança ou amigo próximo para seus compromissos. Isso pode ajudar a aliviar o seu estresse e ajudá-lo a lembrar mais tarde as informações passadas pelo médico.

Dica de comunicação:

  • Anote seus sintomas e leve-os às consultas, para que não precise se preocupar em esquecer nenhum detalhe importante.

Endoscopia e Imagem

Seu médico pode recomendar testes adicionais para examinar seu trato gastrointestinal e intestino. Embora esses testes sejam mais invasivos e possam parecer assustadores, eles geralmente são feitos em um ambiente ambulatorial e os profissionais de saúde terão o cuidado de minimizar qualquer desconforto.

Endoscopia

Seu médico pode recomendar uma endoscopia para obter uma visão detalhada do interior de seu cólon usando uma pequena câmera montada na extremidade de um tubo iluminado.

As endoscopias usadas no teste da doença de Crohn incluem:

  • Colonoscopia: que permite que os médicos examinem o cólon, a parte mais baixa do intestino grosso, inserindo um tubo flexível e iluminado através da abertura do ânus.
  • Endoscopia digestiva alta: que permite que os médicos vejam o trato gastrointestinal de cima para baixo, usando um tubo flexível e iluminado que é inserido através da boca, desce pelo esôfago, chega ao estômago e desce até o duodeno, que é a primeira seção do intestino delgado .

Acima de tudo, vale ressaltar que as colonoscopias requerem preparo intestinal. Converse com um médico sobre maneiras de se preparar e dicas para facilitar essa preparação.

Biopsia

Seu médico pode querer fazer uma biópsia de seu cólon ou de outra área de seu trato gastrointestinal enquanto realiza uma colonoscopia ou endoscopia. Durante a biópsia, um pequeno pedaço de tecido é removido do interior do intestino para testes e análises adicionais.

  • Seu tecido retirado para biopsia será analisado em um laboratório de patologia e rastreado para doenças. Além disso, biópsias também são usadas para rastreamento de câncer colorretal.
  • Embora uma biópsia pareça assustadora, os avanços médicos tornaram esse procedimento praticamente indolor.

Cromoendoscopia

Seu médico pode querer usar esta técnica durante uma colonoscopia para procurar pólipos ou alterações pré-cancerosas.

  • Durante uma cromoendoscopia, um corante líquido azul é borrifado no cólon para destacar e detectar pequenas mudanças no revestimento do intestino.
  • Os pólipos podem então ser removidos e / ou retirados para biopsia.
  • É comum evacuações azuis após esse procedimento.

Imagem do intestino delgado

Esses testes são usados ​​para examinar porções do intestino que não podem ser facilmente vistas por colonoscopia ou endoscopia. Eles funcionam usando um contraste oral que você bebe e que pode ser visto em um raio-X fluoroscópico, tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

  • Você também pode ouvir estes testes referidos como enterografia ou enteróclise.
  • Seu médico pode pedir para você engolir uma pequena câmera do tamanho de um comprimido, que tirará fotos do intestino delgado e do intestino enquanto ele passa pelo trato gastrointestinal. A câmera é expulsa posteriormente durante uma evacuação.
  • Uma endoscopia com balão pode ser necessária para visualizar áreas do intestino de difícil acesso.

Dicas de comunicação:

  • Pergunte ao seu médico ou profissional de saúde o que esperar durante o procedimento e se há riscos a serem considerados.

 

Quais são os tratamentos para a doença de Crohn?

Não há cura para a doença de Crohn, mas os tratamentos podem diminuir a inflamação nos intestinos, aliviar os sintomas e prevenir complicações. Os tratamentos incluem medicamentos, repouso intestinal e cirurgia. Nenhum tratamento funciona para todos. Você e seu médico podem trabalhar juntos para descobrir qual tratamento é melhor para você.

  • Medicamentos: os medicamentos prescritos para doença de Crohn incluem várias drogas que diminuem o processo inflamatório. Alguns desses medicamentos reduzem a atividade do sistema imunológico. Da mesma forma, os medicamentos também podem ajudar com os sintomas ou complicações, como anti-inflamatórios não esteroides e antidiarreicos. Por outro lado, se as suas complicações com a doença de Crohn causarem uma infecção, você pode precisar de antibióticos.
  • Repouso intestinal: o repouso intestinal envolve beber apenas certos líquidos ou não comer ou beber nada além do que o médico indicar. Isso permite que seus intestinos descansem. Além disso, pode ser necessário fazer isso se os sintomas da doença de Crohn forem muito graves. Nesses casos a pessoa obtém seus nutrientes bebendo um líquido, usando um tubo de alimentação ou um tubo intravenoso. Você pode precisar fazer repouso intestinal no hospital, ou pode fazê-lo em casa. Vai durar alguns dias ou até várias semanas. No entanto, apenas um médico irá poder decidir isso.
  • Cirurgia: a cirurgia também pode tratar complicações e reduzir os sintomas quando outros tratamentos não estão ajudando o suficiente. A cirurgia envolverá a remoção de uma parte danificada do seu trato digestivo para tratar: (fístulas, sangramento com risco de vida, obstruções intestinais, efeitos colaterais de medicamentos quando eles ameaçam sua saúde ou sintomas quando os medicamentos não melhoram sua condição.

Tratamento da Doença de Crohn e dieta alimentar

Mudar sua dieta também poderá ajudar a reduzir os seus sintomas. O responsável médico pelo seu tratamento pode recomendar que você faça algumas mudanças em sua dieta, dentre elas:

  • Evitar bebidas carbonatadas (bebidas gaseificadas).
  • Beber mais líquidos.
  • Evitar pipoca, cascas de vegetais e outros alimentos ricos em fibras.
  • Comer refeições menores com mais frequência.
  • Manter um diário alimentar para ajudar a identificar os alimentos que causam maiores problemas.

Acima de tudo, algumas pessoas também poderão precisar seguir uma dieta especial, como uma dieta pobre em fibras, ou outra dieta especifica delineada por um médico ou nutricionista.

Clique aqui e saiba: Alimentação e ideias de lanches para doença de Crohn “com receitas”!

 

3 FONTES

https://www.niddk.nih.gov
https://www.crohnscolitisfoundation.org
https://medlineplus.gov

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here