Envelhecimento saudável em homens

0
187
Envelhecimento Saudável para homens

Não seria ótimo se houvesse um medicamento que parasse o processo de envelhecimento? Seria não é mesmo! Mas infelizmente, o envelhecimento não é algo que pode ser evitado. Goste você ou não, isso vai acontecer com todos nós. Mas isso não significa que não podemos envelhecer bem.

Como os hormônios e o equilíbrio hormonal têm tudo a ver com o modo como envelhecemos, podemos realmente controlar o processo de envelhecimento c nossos hormônios. Isso pode significar evitar as doenças e as deficiências comumente associadas à idade. Se seus hormônios estiverem equilibrados, você pode ficar mais saudável, se sentir melhor e também ter uma boa aparência.

Entretanto, o envelhecimento saudável não envolve apenas Hormônios Equilibrados.

Existem outros três fatores importantes para um envelhecimento saudável:

  • Seguir uma dieta equilibrada
  • Ser ativo
  • Evitar o estresse

Temos sorte de viver em uma época em que as muitas complicações de saúde associadas ao envelhecimento podem ser gerenciadas. Continue lendo para aprender mais sobre os fatores que influenciam o envelhecimento nos homens.

 

Alguns fatos sobre hormônios e envelhecimento

  • As mulheres passam pela menopausa. No entanto, caso você não saiba os homens também, e essa fase masculina é chamada de andropausa.
  • Uma das principais causas de doenças crônicas em homens com andropausa é o declínio dos hormônios.
  • O processo de envelhecimento pode ser gerenciado. Um estudo da Fundação MacArthur descobriu que apenas 30% do processo de envelhecimento está atrelado a composição genética. Os outros 70% serão determinados por decisões saudáveis ou não.
  • Todas as opções de hormônios e estilo de vida abordadas neste artigo são importantes para controlar o processo de envelhecimento. Mas controlar o estresse (e o hormônio do estresse cortisol) não deve ser negligenciado.

 

O que acontece com seus hormônios à medida que você envelhece?

A taxa desse declínio dos hormônios determinará a rapidez ou a lentidão com que um homem envelhecerá. Em outras palavras, os hormônios não diminuem com o envelhecimento. Em vez disso, envelhecemos porque os hormônios diminuem. Substituir os hormônios para níveis saudáveis ​​é a maior peça do quebra-cabeça do envelhecimento saudável.

Em que ponto da sua vida você se sentiu mais saudável e com mais energia? A maioria dos homens dirá que se sentiu melhor quando tinha entre 20 e 30 anos. Você provavelmente acordava todos os dias com energia renovada e podia fazer muita coisa sem se sentir cansado. Era mais fácil ganhar músculos e manter o peso. Sua pele parecia ótima e seu desejo sexual era forte. A razão pela qual você se sentia tão bem dos 20 aos 30 anos é que seus hormônios estavam em equilíbrio e seu corpo estava fazendo o que foi projetado para fazer: ser física e sexualmente ativo.

Você não pode ter 20 ou 30 anos de novo, mas pode se sentir bem novamente. Imagine ter a sabedoria e a liberdade que vêm com essa época da vida e, ao mesmo tempo, se sentir bem. Com uma terapia de reposição hormonal masculina bem administrada e boas escolhas de estilo de vida (ou seja, uma dieta saudável e níveis adequados de atividade física), isso é possível.

 

Hormônios e envelhecimento saudável

A maioria das pessoas está interessada em viver mais – mas apenas se puderem continuar saudáveis ​​e bem. Manter-se saudável à medida que envelhece depende entre outras coisas de 4 fatores importantes:

1. O que você come é muito importante: uma dieta balanceada é a base para uma boa saúde.

2. Seja mais ativo: o corpo de que pratica atividade física funciona muito melhor.

3. Evite se estressar: o estresse acelera drasticamente o processo de envelhecimento.

Acima de tudo, equilibre seus hormônios em níveis saudáveis. Os hormônios não diminuem porque envelhecemos – envelhecemos porque os nossos hormônios diminuem.

Clique aqui e saiba: Como aumentar a testosterona através da dieta.

O que você come é muito importante

Nossos corpos foram projetados para uma dieta baseada em alimentos básicos e simples. Mas o processamento e a bioengenharia dos alimentos tornaram nossas dietas tudo menos simples hoje em dia.

Abaixo estão algumas diretrizes simples para fornecer ao seu corpo a dieta para a qual ele foi projetado:

  • MANTENHA UMA DIETA EQUILIBRADA: você precisa que sua dieta seja composta de aproximadamente 33% de proteína, 33% de carboidratos complexos e 33% de gordura. É importante minimizar os carboidratos refinados e limitar as gorduras saturadas.
  • NÃO TENTE FAZER GRANDES ALTERAÇÕES DE UMA VEZ: tenha um plano em mente e faça as mudanças de forma lenta.
  • TOME UM BOM MULTIVITAMINICO: tomar um bom multivitamínico ajudará muito a nivelar e equilibrar as necessidades do seu corpo conforme você envelhece, e dará ao seu corpo o que ele não está obtendo dos alimentos. Embora muitas vezes saibamos o que não é bom para nosso corpo, raramente sabemos exatamente o que está faltando nele. Um multivitamínico vai fornecer ao corpo uma variedade de nutrientes que ele pode estar precisando.
  • POTENCIALIZE SEU MULTIVITAMINICO COM OUTROS SUPLEMENTOS: existem nutrientes importantes que um multivitamínico não tem em quantidades suficientes (ou simplesmente não tem). Dentre eles estão: ômega 3, vitamina E, Vitamina C, vitaminas do complexo B, e vitamina D3. A vitamina D3 tornou-se particularmente importante. Muitos estudos estão descobrindo que a vitamina D3 na dose certa ajuda muito na prevenção de doenças.
  • COMA MAIS ALIMENTOS NÃO PROCESSADOS:  a maioria dos alimentos processados ​​contém gordura, açúcar, sal e conservantes. Quando você faz sua própria comida, sabe exatamente o que ela contém. Escolha frutas e vegetais frescos quando possível e, se for necessário o uso de embalagem, opte por congelados em vez de enlatados.

Seja mais ativo

Há milhares de anos, tínhamos que caminhar 200 metros, ou talvez até três quilômetros, apenas para beber água. Agora não saímos do carro nem para abrir a portão de casa. Com isso, não estamos dizendo que você precisa viver como seus ancestrais para ser saudável. Estamos apenas dizendo que você precisa ser mais ativo.

A atividade acelera o corpo. Tudo funciona com mais eficiência com uma quantidade saudável de atividade física, seu coração, seu cérebro, sua circulação e até mesmo sua pele.

Evite se estressar

O estresse é definido como qualquer coisa percebida como uma ameaça emocional ou física, seja ela real ou imaginária. Quando você está sob estresse, o cérebro diz às glândulas supra renais para produzirem um hormônio chamado cortisol. Também conhecido como o hormônio “luta ou fuga”. O cortisol por sua vez, desencadeia a liberação de adrenalina.

Esse mecanismo evoluiu há milhares de anos para nos ajudar a gerenciar as ameaças de maneira mais eficaz. Mas hoje, seu equivalente pode se apresentar várias vezes ao dia, ou pode ser constante.

O problema com o cortisol é que ele é destrutivo para as células e tecidos do corpo. Em particular, compromete o sistema imunológico, tornando o corpo mais vulnerável a doenças e enfermidades, incluindo a deterioração do cérebro.

Para complicar ainda mais, o cortisol exerce pressão sobre as glândulas adrenais para produzir mais cortisol, o que pode resultar em fadiga adrenal. Em outras palavras, as glândulas supra renais ficam cansadas. O resultado é uma sensação de cansaço excessivo. Como se ao chegar do trabalho você tivesse corrido uma maratona.

Aqui estão alguns detalhes sobre o que o estresse pode fazer à sua saúde:

Stress e seu cérebro

Embora o excesso de cortisol seja destrutivo para as células e tecidos do corpo em geral, é particularmente prejudicial para as células cerebrais. Muito estresse pode liberar cortisol suficiente ao longo do tempo para contribuir para a deterioração do cérebro, e causar Alzheimer ou demência.

Estresse e seu sistema imunológico

O estresse compromete o sistema imunológico, tornando o corpo mais vulnerável a doenças e enfermidades.

Estresse e o processo de envelhecimento

O estresse também pode fazer com que o corpo envelheça prematuramente. Lembra de nossos amigos presidenciais? Veja a foto de um ex-presidente de quando ele estava concorrendo à presidência e veja as fotos no final do mandato. Envelhecimento significativo desse tipo tem uma causa primária: estresse e excesso de cortisol. E estudos mostram que o colágeno da pele é particularmente suscetível a danos.

Estresse e nutrição

Quando o corpo se arma contra o estresse, ele canaliza todos os seus recursos, incluindo os nutrientes que abastecem o corpo. Como resultado, os nutrientes são rapidamente eliminados do corpo e do sistema imunológico, e o corpo fica vulnerável a doenças.

Estresse e seus hormônios

A química do seu corpo é gerenciada pela inter-relação de centenas de hormônios. À medida que o corpo envelhece, ocorre um declínio natural e o subsequente desequilíbrio desses hormônios. O cortisol por sua vez, é um hormônio que interage de maneiras muito significativas e prejudiciais em relação aos outros hormônios.

Equilibre seus hormônios

O corpo dos homens e mulheres evoluíram por eras em torno do ciclo reprodutivo. Atingimos o pico desse ciclo por volta dos 26 a 28 anos de idade. Então, os hormônios começam a diminuir. E a Mãe Natureza os mantém em níveis relativamente saudáveis ​​até os 40 anos.

Graças a estilos de vida mais saudáveis, melhor alimentação e ciência médica moderna, agora vivemos muito mais tempo. E isso significa que devemos repor os hormônios a níveis saudáveis ​​e mantê-los equilibrados a partir dos quarenta anos.

Acima de tudo, procurar ajuda médica na jornada do envelhecimento saudável é a escolha mais acertada. Isso incluí um checape geral de exames regularmente, consultas com um médico urologista para tratar das questões da andropausa. E quem sabe um nutricionista para auxiliar na dieta alimentar e escolha de melhores alimentos.

Clique aqui e saiba: O que é terapia de reposição hormonal (TRH)?

 

FONTE

https://www.ukmeds.co.uk

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here