O que é Azitromicina e para que serve?

0
348
Azitromicina

O que é azitromicina e para que serve?

A azitromicina é um medicamento usado no tratamento de uma ampla gama de infecções bacterianas. É um antibiótico classificado como “macrolídeo”. Ele age prevenindo com eficácia o crescimento de bactérias no corpo dos pacientes. Além disso, é usada no tratamento de clamídia, infecção de garganta, alguns tipos de diarreia, pneumonia e algumas infecções intestinais.

Acima de tudo, esse medicamento não é indicado para o tratamento de infecções virais, como gripe e resfriados comuns.

Clique aqui e saiba: Quanto tempo azitromicina demora para curar a clamídia?

 

Principais fatos sobre azitromicina

  • A azitromicina é geralmente administrada uma vez ao dia. Tente tomar na mesma hora todos os dias.
  • Se o seu médico prescreveu cápsulas de azitromicina, você deve tomá-las pelo menos 1 hora antes das refeições ou 2 horas depois de comer.
  • Para a maioria das infecções, você deve se sentir melhor em alguns dias, mas ainda assim deve fazer o tratamento completo.
  • Os efeitos colaterais mais comuns da azitromicina são sentir-se ou ficar fadigado, ter diarreia, dores de cabeça ou alterações no paladar.

Clique aqui e saiba: Finasterida, como funciona?

 

Como usar azitromicina

Sempre tome azitromicina por via oral, conforme indicado pelo seu médico. Você pode tomar o antibiótico com alimentos se sentir dor de estômago.

Os antiácidos com magnésio ou alumínio podem reduzir a absorção da azitromicina se tomados ao mesmo tempo. Se você toma antiácido com os elementos mencionados acima, dê um intervalo de pelo menos 2 horas antes de tomar o medicamento com azitromicina.

Clique aqui e descubra: CLOROQUINA tudo que você precisa saber!

 

Efeitos colaterais da azitromicina

Ao tomar comprimidos de azitromicina, alguns pacientes relataram alguns efeitos colaterais que incluem diarreia, náusea, dor de estômago, vômitos e dor abdominal. Informe o seu médico caso sinta esses efeitos ou se esses efeitos colaterais persistirem ou piorarem.

Acima de tudo, seu médico prescreveu este medicamento porque percebeu que o benefício para você é muito maior do que o risco de quaisquer efeitos colaterais.

No entanto, informe o seu médico imediatamente se esses efeitos colaterais graves acontecerem:

  • visão embaçada
  • mudanças na audição
  • surdez
  • fraqueza muscular
  • sinais de problemas de fígado
  • dificuldade em falar ou engolir
  • exaustão
  • forte dor abdominal
  • pele ou olhos amarelados
  • urina escura

Procure ajuda médica imediatamente se algum destes efeitos colaterais raros, mas graves, ocorrer:

  • batimento cardíaco irregular
  • desmaios
  • tonturas graves

O uso de azitromicina por um período prolongado de tempo pode causar candidíase oral ou infecção por fungos. Ligue para o seu médico se notar qualquer mancha branca visível ao redor da boca ou se tiver corrimento vaginal ou outros sintomas.

Reações alérgicas muito graves à azitromicina são raras. Mas, procure assistência médica de emergência imediatamente se notar qualquer reação alérgica, como lábios, rosto ou língua inchados, coceira, febre que não passa, inchaço dos gânglios linfáticos, dificuldade para respirar e tonturas.

A alergia a este medicamento pode retornar mesmo depois de você parar de tomar a azitromicina. Se você tem alergia, observe qualquer um dos sintomas acima por alguns dias após ter tomado sua última dose de azitromicina. Caso persista, procure orientação médica assim que possível.

Esta não é uma lista exclusiva e completa de efeitos colaterais da azitromicina. Portanto, se você notar outros efeitos colaterais não listados acima, informe seu médico ou farmacêutico sobre eles.

Clique aqui e saiba: PARACETAMOL, usos, efeitos colaterais e dosagem.

 

Quem pode e quem não pode tomar azitromicina

A azitromicina pode ser tomada por adultos e crianças.

No entanto, ela não é indicada para algumas pessoas. Por isso, para se certificar de que a azitromicina é segura para você, informe o seu médico se você tem ou já teve:

  • uma reação alérgica à azitromicina ou a qualquer outro medicamento no passado
  • problemas de fígado ou rins
  • problemas cardíacos, incluindo batimentos cardíacos irregulares (arritmia)
  • diarreia quando tomou antibióticos antes
  • miastenia gravis, azitromicina pode piorar os sintomas desta doença de enfraquecimento muscular
  • diabetes, azitromicina pode conter açúcar

Clique aqui e saiba sobre: Usos, riscos e benefícios da Aspirina.

 

Gravidez e amamentação

A azitromicina não é normalmente recomendada durante a gravidez ou amamentação. Mas, seu médico pode prescrever se os benefícios de tomar azitromicina forem maiores do que os riscos.

No entanto, nunca tome nenhum medicamento sem antes falar com o seu médico.

Clique aqui e saiba: Para que é indicado o Metronidazol?

 

Interações com outros medicamentos

Existem alguns medicamentos que não se misturam bem com a azitromicina.

Informe o seu médico se você estiver tomando esses medicamentos antes de iniciar o uso da azitromicina:

  • antiácidos para indigestão
  • ergotamina ou diidroergotamina
  • varfarina, para tornar o sangue mais fino ou prevenir coágulos sanguíneos
  • ciclosporina ou tacrolimo, medicamentos para impedir a reação exagerada do seu sistema imunológico
  • colchicina para gota
  • digoxina para alguns problemas cardíacos
  • rifabutina, um antibiótico
  • nelfinavir, um medicamento para o HIV
  • um medicamento de estatina para reduzir o colesterol, como a sinvastatina e atorvastatina

Você também deve informar ao seu médico se estiver tomando algum medicamento para batimento cardíaco irregular (arritmia), como amiodarona ou cloridrato de sotalol.

Além disso, cabe lembrar que às vezes, a azitromicina pode afetar seu batimento cardíaco, portanto, é melhor não tomá-la com outros medicamentos que tenham o mesmo efeito colateral.

Acima de tudo, também é indispensável avisar o seu médico caso você sofra de qualquer tipo de problema cardíaco ou cardiovascular, antes de tomar azitromicina.

Por este motivo, é importante que informe o seu médico se estiver tomando medicamentos que podem afetar os seus batimentos cardíacos como efeito colateral.

Isso pode incluir:

  • antidepressivos, como o citalopram
  • antipsicóticos, usados ​​para tratar problemas graves de saúde mental
  • domperidona
  • alguns antibióticos, como moxifloxacino

Da mesma forma, não é necessário abusar do uso desse e de qualquer outro antibiótico, pois isso pode levar à tolerância ao antibiótico e redução da eficácia.

Verifique as bulas e folhetos que acompanham os seus medicamentos e sempre fale com um médico se tiver alguma dúvida ou preocupação.

E nunca se esqueça, nunca se automedique e não tome nenhum tipo de medicamento por conta própria. Sempre procure atendimento médico especializado.

Clique aqui e saiba: Quais são os efeitos colaterais do Omeprazol?

 

2 FONTES

https://www.nhs.uk/medicines/azithromycin/
https://www.ukmeds.co.uk/blog/what-is-azithromycin

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here