O que é refluxo ácido?

0
365
Refluxo ácido

O refluxo ácido é uma condição comum que afeta muitas pessoas em algum momento de suas vida. O problema costuma ser desencadeado por certos alimentos, bebidas ou outros fatores do estilo de vida. Você saberá que está tendo refluxo ácido se começar a sentir uma sensação de queimação no meio do peito (conhecida como azia) e um gosto desagradável na boca. Outros sintomas de refluxo incluem inchaço, mau hálito, enjoo ou soluços que voltam continuamente.

O refluxo ácido costuma ser algo que afeta as pessoas apenas ocasionalmente e não é motivo de preocupação. No entanto, se você estiver apresentando sintomas mais de duas vezes por semana, então você pode estar sofrendo da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE).

 

O que causa o refluxo ácido?

Existe uma válvula na entrada do estômago chamada esfíncter esofágico inferior, que é um pequeno anel de músculo. Quando esta válvula funciona de forma totalmente correta, o esfíncter esofágico inferior fecha assim que o alimento passa por ele. No entanto, em pessoas que sofrem de refluxo ácido, o esfíncter não se fecha totalmente ou se abre com muita frequência, de modo que o ácido do estômago consegue passar por ele.

Quando a válvula do estômago não está totalmente fechada, o ácido do estômago consegue penetrar no esôfago, o que causa dor no peito e gosto azedo que associamos ao refluxo ácido. É por isso que o refluxo ácido costuma piorar quando você está deitado ou curvado; porque a gravidade faz seu trabalho ajudando a transportar o ácido do estômago para o esôfago.

 

Refluxo e alimentação

Mesmo que a causa real do refluxo ácido seja o não fechamento do esfíncter, há uma série de fatores diferentes que podem desencadear os sintomas e podem ser diferentes para cada pessoa. No entanto, o gatilho mais comum é a comida ou a bebida ingerida. Isso porque, ingerir alimentos e bebidas faz com que a válvula do estômago se abra.

Os alimentos particularmente propensos a causar refluxo ácido são alimentos picantes, alimentos gordurosos, alimentos ricos em sal e alimentos com baixo teor de fibras. As bebidas que podem desencadear os sintomas incluem cafeína, álcool e qualquer coisa ácida ou carbonatada (como suco ou refrigerante).

Clique aqui e descubra: Qual a relação entre o leite e o refluxo gastroesofágico?

O refluxo também pode estar relacionado à maneira como você consome alimentos e bebidas. Comer grandes refeições, beliscar perto da hora de dormir, curvar-se ou deitar-se depois de comer podem piorar bastante o refluxo ácido.

Clique aqui e descubra: Saiba os benefícios do café e qual é o mal que o café faz.

Entretanto, não se trata apenas de comida e bebida. O refluxo ácido também está relacionado a vários fatores de estilo de vida. Inclusive, você pode notar os sintomas com mais frequência se estiver com sobrepeso, grávida ou for uma pessoa fumante. Além disso, o refluxo também pode ser causado por medicamentos como analgésicos e relaxantes musculares.

Clique aqui e saiba: O que é bom para azia na gravidez? 11 Dicas que funcionam.

 

Como tratar azia e refluxo ácido

Embora a condição não seja particularmente perigosa, ela pode ser muito desagradável. E como o problema está associado a uma série de opções de alimentos e bebidas, os sintomas podem ser bastante frequentes e fazer com que você não aproveite essas coisas.

Clique aqui e saiba: Quais são os alimentos que ajudam na digestão?

Existem vários tratamentos eficazes para o refluxo ácido, disponíveis com ou sem prescrição médica. Os inibidores da bomba de prótons (IBPs) atuam reduzindo a quantidade de ácido estomacal que é produzida e os medicamentos populares nesta categoria incluem omeprazol, lansoprazol , esomeprazol e pantoprazol.

Clique aqui e saiba: Para que serve Omeprazol?

Os bloqueadores H2 atuam de maneira semelhante, inibindo reações químicas nas células que produzem ácido estomacal para diminuir a produção de ácido. O medicamento mais comum que se enquadrava na categoria de bloqueadores H2 era a ranitidina. No entanto, a ranitidina foi retirada de circulação pela ANVISA por causar danos a saúde.

Entretanto, há uma variedade de tratamentos para refluxo vendidos sem receita, incluindo antiácidos. Eles atuam para neutralizar o ácido no estômago de modo que, se ele chegar ao esôfago, não cause a mesma dor e desconforto que normalmente causa.

Clique aqui e saiba: Quais são os efeitos colaterais do Omeprazol?

Passos do tratamento do refluxo ácido

Se os medicamentos não ajudarem ou seus sintomas forem graves, um médico pode encaminhá-lo a um especialista afim de:

Fazer testes para descobrir o que está causando seus sintomas, como uma gastroscopia (onde um tubo fino com uma câmera é passado por sua garganta). Ou fazer uma operação em seu estômago para parar o refluxo ácido chamada de fundoplicatura laparoscópica.

 

Como prevenir o refluxo ácido

Junto com opções eficazes de medicação para refluxo ácido, há uma série de coisas que você pode fazer para ajudar a aliviar os sintomas.

Tente fazer refeições menores e evite alimentos ou bebidas que você tenha percebido que desencadeiam seus sintomas. Não coma dentro de 3 ou 4 horas antes de ir para a cama e tente levantar parte da cama de forma que o seu peito e a cabeça fiquem mais altos do que a cintura. Colocar algo embaixo da cama ou colchão na parte da cabeça deve resolver o problema.

 

Como você pode aliviar a azia e o refluxo ácido sozinho.

Mudanças simples no estilo de vida podem ajudar a interromper ou reduzir a azia.

Coisas a fazer

  • Comer refeições menores e mais frequentes.
  • Levantar uma ponta da cama de 10 a 20 cm, colocando algo embaixo da cama ou colchão. O peito e a cabeça devem estar acima do nível da cintura, para que o ácido do estômago não suba em direção à garganta.
  • Perder peso, se você estiver acima do peso.
  • Tentar encontrar maneiras de relaxar.

Coisas a não fazer

  • Não comer ou beber alimentos que desencadeiam seus sintomas.
  • Evitar comer dentro de 3 ou 4 horas antes de dormir.
  • Não usar roupas apertadas na cintura.
  • Não fumar.
  • Evitar o consumo de bebida alcoólica.
  • Não parar de tomar nenhum medicamento prescrito sem falar primeiro com um médico.

No entanto, se você está seguindo boas práticas e ainda observa sintomas persistentes de refluxo ácido, você deve visitar seu médico (ou outro profissional médico) para ver se seus sintomas estão relacionados a alguma outra coisa.

 

2 FONTES

https://www.nhs.uk/conditions/heartburn-and-acid-reflux/
https://www.ukmeds.co.uk/blog/what-is-acid-reflux

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here