O que são eletrólitos?

0
671
Garrafa de Isotônico

Eletrólitos são vitais para o funcionamento saudável do corpo humano. Muitos processos corporais requerem uma pequena corrente elétrica e, quando dissolvidos na água, os eletrólitos desempenham esse papel.

Os eletrólitos podem interagir entre si e com os nervos, tecidos e músculos de uma pessoa. Eletrólitos diferentes realizam processos diferentes, por isso é importante ter um equilíbrio de diferentes tipos de eletrólitos em nosso organismo. Desequilíbrios ou deficiências em eletrólitos podem causar uma série de problemas de saúde. Nesse texto iremos abordar o que são eletrólitos e tudo que precisamos saber sobre eles.

 

O que são eletrólitos?

Eletrólitos são substâncias químicas que carregam cargas elétricas nos nervos e músculos do corpo humano. Por exemplo, o coração usa eletrólitos para ajudá-lo a bater, eles também regulam a hidratação corporal, controlam a pressão sanguínea e ajudam a reparar tecidos danificados. Magnésio, potássio, cálcio e sódio são todos eletrólitos. Da mesma forma, os três últimos (potássio, cálcio e sódio), são necessários para a contração muscular.

 

Fontes de eletrólitos

Os seres humanos precisam consumir eletrólitos em seus alimentos e bebidas. Em particular, frutas e vegetais são fontes ricas de uma variedade de eletrólitos. Algumas pessoas podem precisar de eletrólitos extras na forma de suplementos, como bebidas esportivas ou energéticas. Estas bebidas são projetados para ajudar o corpo a repor os suprimentos perdidos durante os exercícios. No entanto, consumir essas bebidas em grandes quantidades pode levar a níveis muito altos de eletrólitos no corpo.

Sódio

O eletrólito de sódio ajuda a regular a quantidade de líquido presente nas células e no sangue. Os seres humanos precisam de quantidades adequadas de sódio para manter a função normal dos músculos e nervos, e também para manter o equilíbrio ácido-base do corpo.

Os adultos precisam de cerca de 1,2 a 1,5 gramas de sódio por dia para manter a saúde ideal. No entanto, muitas pessoas consomem muito mais do que precisam em salgados e lanches e adicionando sal extra à comida. Por outro lado, muitos especialistas não recomendam comer mais de 5g de sal por dia.

Potássio

O potássio trabalha em conjunto com o sódio para manter o equilíbrio de líquidos, ácidos e bases no corpo humano. Ele também trabalha junto com o cálcio para promover a funcionamento saudável dos nervos e dos músculos. A falta de potássio suficiente no corpo humano, pode causar problemas com o armazenamento de glicogênio. Por isso, é tão importante saber o que são os eletrólitos já que, se a deficiência for muito alta, pode causar problemas cardíacos fatais. A maioria das frutas, legumes, carne e laticínios são fontes ricas de potássio.

Cálcio

Os ossos são o principal recipiente de armazenamento de cálcio. No entanto, existem outros tipos de cálcio que estão presentes no corpo humano como o cálcio ionizado, que é um eletrólito vital.

O papel do cálcio no organismo inclui regular os batimentos cardíacos, facilitar a função celular normal e controlar a coagulação do sangue. Os adultos precisam de cerca de 1000 a 1300 mg de cálcio por dia para manter níveis saudáveis. Laticínios, vegetais de folhas verdes e oleaginosas podem fornecer esse importante nutriente.

Magnésio

Enquanto os ossos armazenam a maior parte do suprimento de magnésio do corpo, cerca de 1% de todo o magnésio permanece no fluido que circunda as células. Este eletrólito facilita as reações enzimáticas normais.

A maioria das pessoas precisa consumir 310 a 420 mg de magnésio diariamente. Entretanto, as pessoas podem obter a quantidade necessária de magnésio comendo vegetais verde escuro, vegetais folhosos, legumes e produtos integrais.

 

O que é um desequilíbrio eletrolítico?

Uma quantidade muito baixa ou muito alta de eletrólitos pode causar problemas ao corpo humano. O corpo pode perder eletrólitos devido a sudorese excessiva ou deviso a uma súbita perda de fluido corporal, como um surto de vômito. É importante saber o que são eletrólitos afim de, substituir esses produtos químicos perdidos para evitar que os níveis se tornem muito baixos no organismo.

Por outro lado, se uma pessoa possui um certo eletrólito em excesso, o corpo geralmente pode filtrá-lo pelo rim sem causar danos. No entanto, os níveis podem se tornar tão altos que o corpo não pode mais regulá-los. Acima de tudo, nesse tipo de situação, uma pessoa pode desenvolver sintomas como espasmos musculares, batimentos cardíacos irregulares, alterações da pressão arterial e convulsões.

 

O que causa a perda de eletrólitos?

Uma falha na reposição dos suprimentos de eletrólitos após a prática de exercícios físicos, vômitos e diarreia prolongados podem causar perda de eletrólitos. A desidratação crônica e uma dieta alimentar pobre também podem levar a um desequilíbrio nos níveis de eletrólitos.

Certos tratamentos contra o câncer e medicamentos diuréticos podem tornar os desequilíbrios mais prováveis. Dados demográficos demostram que, idosos ou pessoas com bulimia, são particularmente mais suscetíveis a terem perda de eletrólitos. A doença renal e a insuficiência cardíaca congestiva também são causas comuns de perda de eletrólitos e consequentemente podem levar certas pessoas a terem um desequilíbrio eletrolítico.

Clique aqui e saiba: Como perder 20 Kg? VEJA AQUI COMO FAZER ISSO!

 

Eletrólitos exame

Em algumas circunstâncias, um médico pode solicitar exames de sangue para verificar os níveis de eletrólitos no sangue de uma pessoa. Isso é especialmente provável se o paciente estiver tomando certos medicamentos ou tiver um problema de saúde associado ao desequilíbrio eletrolítico. O teste também verifica a acidez do sangue, pois um desequilíbrio ácido-base pode levar a um desequilíbrio eletrolítico mais tarde.

Esse tipo de teste permite que os médicos avaliem o tipo e a gravidade do desequilíbrio eletrolítico e o ajude a decidir sobre qual o melhor tratamento a ser adotado. Por outro lado, em certas situações o médico pode solicitar que o paciente faça repetidos testes durante o período de recuperação para garantir que o tratamento esteja funcionando.

 

Desequilíbrio eletrolítico: tratamento

Por vezes, após a pessoa saber o que são eletrólitos e identificar com a ajuda de um médico, que está tendo um desequilíbrio eletrolítico, a terapia de reidratação oral será utilizada.

Esse é um tratamento administrado a pessoas com desequilíbrio eletrolítico e ou desidratação eletrolítica, geralmente ocasionada por diarreia grave. Nesses casos, a pessoa terá que beber eletrólitos dissolvidos em água. A Organização Mundial da Saúde (OMS), estipula que os médicos administrem 2,6 gramas de sódio, 2,9 gramas de citrato de sódio e 1,5 gramas de cloreto de potássio nesse tipo de situação.

 

2 FONTES

https://medlineplus.gov/fluidandelectrolytebalance.html
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4129840/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here