Quais os tipos de asma, sintomas e tratamento

0
548
Mulher usando bombinha de asma

A asma causa inflamação e inchaço nas vias aéreas, reduzindo a quantidade de ar que pode entrar e sair dos pulmões. No entanto, existem vários tipos de asma, e cada um tem seu próprio conjunto de gatilhos.

Em muitos casos, a asma é uma condição que uma pessoa pode controlar ao longo da vida usando medicamentos e evitando os gatilhos que causam os ataques de asma.

Embora a asma infantil e a asma adulta tenham semelhanças, os sintomas podem diferir em gravidade. Certos gatilhos no ambiente também podem piorar os sintomas da asma e causar ataques de asma.

Continue lendo para saber mais sobre os diferentes tipos de asma, incluindo sintomas e opções de tratamento.

 

Tipos de asma: asma alérgica

A asma alérgica é um dos tipos de asma mais comuns, e cerca de 8 entre 10 pessoas com asma alérgica também terão outras condições alérgicas subjacentes, como rinite alérgica ou alergia alimentar.

Certos alérgenos no ambiente podem desencadear asma alérgica. Alguns alérgenos comuns incluem:

  • pólen
  • pelos de animais
  • mofo
  • alimentos como leite, ovos e certas oleaginosas
  • ácaros
  • baratas e fezes de baratas
  • irritantes no ar, como fumaça de cigarro, fumaça de automóveis ou produtos químicos
  • produtos fortemente perfumados, como perfumes e produtos para limpeza

Tratamento

É importante que as pessoas com asma alérgica busquem tratamento com um especialista, pois isso pode ajudá-las a gerenciar sua condição. Elas também devem tomar algum tipo de medicamento prescrito, conforme a orientação de um especialista.

As dicas a seguir também podem ajudar as pessoas com asma alérgica:

  • Limpar a poeira regularmente para remover pelos de animais, ácaros e alérgenos de baratas.
  • Manter animais de estimação fora dos quartos.
  • Evitar atividades externas quando os níveis de pólen ou poluição do ar estiverem altos.
  • Não consumir alimentos que desencadeiam reações alérgicas, como leite, ovos, mariscos, camarões, amendoins e oleaginosas, incluindo avelãs, nozes e amêndoas.
  • Reduzir o uso de produtos químicos agressivos ou de produtos altamente perfumados em casa.

Clique aqui e saiba: Alergia a oleaginosas: sintomas, causas e tratamento.

 

Tipos de asma: asma não alérgica

A asma não alérgica ou intrínseca é um dos tipos de asma que não necessita de um alérgeno para desencadear um ataque.

Ela é menos comum que a asma alérgica, representando cerca de 10 a 33% de todos os casos de asma. É mais provável que ela apareça na idade adulta e afete mais mulheres do que homens.

Especialistas acreditam que a asma não alérgica se desenvolve devido a fatores genéticos e ambientais.

Por exemplo, os sintomas podem aparecer quando uma pessoa tem exposição a:

  • frio
  • umidade
  • estresse
  • poluição
  • irritantes no ar, como fumaça de cigarro e outros
  • infecções respiratórias, como uma gripe ou uma sinusite

Tratamento

Pessoas com sintomas como falta de ar, chiado no peito ou tosse devem procurar ajuda de um especialista em asma. Isso as ajudará a determinar o que está causando seus sintomas. No entanto, pode levar mais tempo para descobrir o que está causando a asma não alérgica.

Para gerenciar seus sintomas, as pessoas também devem tomar algum tipo de medicamento prescrito, conforme a orientação de um especialista.

Clique e saiba: O que é um EpiPen? E como ele pode salvar alguém que tem reações alérgicas fortes!

 

Tipos de asma: asma sazonal

A asma sazonal, é um dos tipos de asma em que os sintomas surgem em determinadas condições ou em determinadas épocas do ano.

Por exemplo, uma pessoa com asma sazonal pode perceber que os sintomas ficam piores, ou apenas aparecem, durante:

  • A primavera, quando os níveis de pólen estão no seu nível mais alto.
  • Clima frio ou quente, tempestades e mudanças repentinas de temperatura.
  • Dias em que a poluição do ar é pior, como dias frios ou secos.
  • Meses de inverno, quando há mais vírus de gripe e resfriados no ambiente.

De muitas maneiras, a asma sazonal é semelhante à asma alérgica. De fato, as pessoas podem usar os dois termos para descrever ataques de asma que acontecem durante certas épocas do ano.

Tratamento

Pessoas com asma sazonal devem procurar tratamento médico. Isso as ajudará a gerenciar sua condição durante períodos em que os sintomas provavelmente piorarão.

Elas também devem tomar qualquer medicamento prescrito, conforme indicado pelo médico ou profissional de saúde.

As dicas a seguir também podem ajudar a reduzir os sintomas da asma sazonal:

  • Preste atenção aos relatórios meteorológicos locais sobre a qualidade do ar e os níveis de pólen e planeje apenas atividades externas para quando as condições forem menos propensas a desencadear um ataque de asma.
  • Mantenha janelas e portas fechadas, tanto em casa quanto em viagens de carro.
  • Use um lenço sobre a boca e o nariz em clima frio, para aquecer o ar que passa pelos pulmões.
  • Mantenha a medicação à mão para alívio rápido dos sintomas.
  • Mantenha um diário para observar quais condições climáticas parecem trazer maiores sintomas.

 

Tipos de asma: asma ocupacional

Esse é um dos tipos de asma bem particulares em que as pessoas que possuem a asma ocupacional podem achar que seus sintomas são piores durante o trabalho e que melhoram quando estão de folga.

De fato, até 15% dos casos de asma em certos países podem ser devidos à exposição a produtos químicos no trabalho, tintas, inseticidas ou outras substâncias nocivas.

Quanto tempo os sintomas levam para ocorrer pode depender do nível de exposição a essas e outras substâncias. Algumas pessoas podem ter um ataque de asma dentro de 24 horas após a exposição. Em outros casos, isso pode levar meses ou até anos para que os sintomas se desenvolvam.

Tratamento

Pessoas com asma ocupacional devem procurar tratamento com um médico ou profissional de saúde. Isso as ajudará a identificar o que está causando seus sintomas, evitar mais exposições e aliviar os seus sintomas como um todo.

Elas também devem tomar qualquer medicamento prescrito, conforme indicado por um médico ou especialista.

 

Asma induzida por exercícios físicos

A asma induzida pelo exercício físico é um dos tipos de asma que ocorre quando os sintomas surgem durante ou imediatamente após o exercício ou outra forma de atividade extenuante. Isso pode acontecer entre 5 e 20 minutos após o exercício.

Embora seja comum sentir falta de ar após o exercício, a asma induzida por exercício também pode causar tosse, chiado no peito e dor no peito, variando de leve a grave. Cerca de 90% das pessoas com asma também sofrem de asma induzida por exercício.

Os seguintes fatores também podem piorar os sintomas da asma induzida pelo exercício:

  • piscinas cloradas
  • exposição ao ar poluído enquanto corre ou anda de bicicleta
  • ar frio e seco enquanto pratica algum exercício físico
  • ar quente e úmido enquanto pratica algum exercício físico

Tratamento

Medicamentos para asma geralmente podem tratar os sintomas de maneira eficaz. No entanto, é importante que as pessoas procurem um médico se seus sintomas não estiverem respondendo a medicamentos regulares.

As dicas a seguir também podem ajudar a reduzir o risco de um ataque de asma durante ou após o exercício físico:

  • Use um inalador antes de praticar exercício e mantenha-o à mão durante o exercício.
  • Evite se exercitar com uma infecção viral.
  • Se aqueça antes do exercício, para ajudar a dilatar as vias aéreas.
  • Use um lenço sobre o nariz e a boca ou máscara ao se exercitar ao ar livre.
  • Evite exercícios que resultem em respiração difícil ou pesada.

 

Asma de difícil controle

Embora a asma de difícil controle não seja um subtipo ou diagnóstico aceito, algumas pessoas acham seus sintomas muito mais difíceis de controlar.

Tais sintomas podem ocorrer com freqüência ou a pessoa pode ter ataques de asma com risco de vida.

Há várias razões pelas quais a asma pode ser difícil de controlar, incluindo:

  • Ter outra condição de saúde subjacente, como doença cardíaca ou diabetes.
  • Fumar ou estar freqüentemente em ambientes com fumaça.
  • Não tomar a medicação corretamente, nos momentos certos ou na dosagem correta.

Tratamento

É importante que as pessoas com asma de difícil controle conversem com um especialista em asma sobre seus medicamentos e quaisquer condições de saúde subjacentes ou fatores ambientais que acham que possam estar envolvidos.

Da mesma forma, um especialista poderá ajudar a pessoa a tomar seus medicamentos da maneira certa e na hora certa. Um estudo de 2017 sugere que essa pode ser uma maneira eficaz de controlar a asma.

 

Asma grave

A asma grave, é um dos tipos de asma que afeta cerca de 4% de todos os adultos com asma. Os especialistas consideram a asma grave quando os sintomas não melhoram com os medicamentos padrão.

Pessoas com asma grave provavelmente:

  • Tem mais ataques de asma do que pessoas com asma leve a moderada.
  • Passam mais tempo no hospital como resultado da asma.
  • Tomam comprimidos de esteroides a longo prazo.

Os sintomas da asma grave são os mesmos da asma leve a moderada, mas podem ser muito mais intensos. Às vezes também podem ser fatais.

Tratamento

As opções de tratamento para asma grave podem variar de acordo com os sintomas e como a pessoa responde a certos medicamentos.

É importante procurar o aconselhamento de um especialista, que pode ajudar a determinar quais tratamentos específicos são melhores para cada pessoa.

No entanto, nos últimos anos, o tratamento avançou para pessoas com asma grave. Os médicos agora estão usando anticorpos monoclonais para melhorar os sintomas associados à asma grave. Esse tipo de tratamento também pode reduzir a dosagem de esteroides que as pessoas precisam tomar, potencialmente levando a uma melhor qualidade de vida.

Clique aqui e saiba: Nariz entupido e dor de cabeça, 9 possíveis causas!

 

Tipos de Asma: resumo

A asma refere-se à inflamação crônica das vias aéreas nos pulmões. Ela pode se desenvolver ou surgir em qualquer idade, e os sintomas podem variar de leves a graves.

Existem vários tipos de asma, que os especialistas geralmente classificam por seus gatilhos. Os gatilhos incluem alérgenos e exercícios.

Como mencionamos acima, existem vários tipos de asma, e independente de qual tipo a pessoa tenha, em geral ela poderá controlar a asma efetivamente com os tratamentos certos.

Portanto, conversar com um especialista em asma e tomar a medicação corretamente pode ajudar uma pessoa a viver uma vida plena e ativa.

 

3 FONTES

https://www.asthma.org.uk/advice/understanding-asthma/types/
https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S2213219817300144

https://articles/types-of-asthma

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here